O portal do Sistema Opinião

POP9

São João

pe

Mais de 700 artistas e 37 arraiais fazem as festas juninas no Recife

Celebrações em homenagem a Santo Antônio, São João e São Pedro começam na quarta-feira (12) e seguem até o dia 7 de julho na capital pernambucana

junho 10, 2019 às 19:31 - Por: Redação OP9

Bandas, sanfoneiros, trios pé-de-serra, cantores, grupos de coco, de xaxado e de ciranda foram escalados para animar as festas em homenagem aos santos de junho no Recife. Foto: Andrea rego Barros/Divulgação

Bandas, sanfoneiros, trios pé-de-serra, cantores, grupos de coco, de xaxado e de ciranda foram escalados para animar as festas em homenagem aos santos de junho no Recife. Foto: Andrea rego Barros/Divulgação

O forró e o arrasta-pé vão tomar o Recife de canto a canto até a primeira semana de julho. É o que promete a prefeitura da capital pernambucana, que divulgou nesta segunda (10) a programação oficial das festas juninas na cidade. Para celebrar Santo Antônio, São João e São Pedro, foram escalados mais de 700 artistas da região, entre bandas, sanfoneiros, trios pé-de-serra, cantores, grupos de coco, de xaxado e de ciranda. Entre esta quarta-feira (12), quando começam os festejos oficiais, até o dia 7 de julho, data do encerramento do ciclo junino, foram programadas 290 apresentações nos 37 arraiais montados na cidade. Este ano, os homenageados da festa são o compositor Zé Dantas e o cantor e compositor Nando Cordel.

A abertura da festa acontece no Baile dos Namorados no dia 12, véspera do dia do casamenteiro Santo Antônio, com apresentações de Adilson Ramos e José Augusto, no Arcádia Apipucos. Além das centenas de shows, o rala-bucho segue com a Caminhada do Forró, apresentações de quadrilhas adultas e infanto-juvenis, procissões, celebrações da tradição de matriz africana e festa de pescadores.

O Sítio Trindade, polo tradicional dos festejos juninos recifense, concentra boa parte da programação. Este ano, a retomada do polo junino no Poço da Panela e o Arraial Frei Caneca, que celebrará o primeiro aniversário da emissora de rádio, com programação montada por sua equipe na Praça do Arsenal, no dia 29 de junho, são as grandes novidades.

No show do dia 29, um time de grandes artistas se junta para reproduzir 13 composições de Jackson do Pandeiro, mais conhecido pos seus forrós e coco, mas também grande expoente do samba, como A ordem é samba, Chiclete com banana e Samba do Ziriguidum. No palco, estarão músicos como o maestro Deneil Laranjeirasm, Lucinha Guerra, Nanau Nascimento e o puxador de samba-enredo da Gigante do Samba, Jamelão que, ao lado de nomes como Rafa Almeida (Cordel do Fogo Encantado), Elias Paulino (Grupo Terra) e outros vão revisitar a obra do grande mestre.

No Sítio Trindade, a festa começa no dia 15 de junho com a animação das quadrilhas. Por lá também se apresentam as grandes atrações maiores atrações do São João 2019 do Recife, como o homenageado da festa, Nando Cordel, além de Silvério Pessoa, Josildo Sá, Novinho da Paraíba, Genival Lacerda, Lia de Itamaracá, Petrúcio Amorim, Santanna, Terezinha do Acordeon, Salatiel Camarão, Maestro Forró & Fole Assoprado e Banda Fulô de Mandacaru.

O arrasta-pezinho, criado em 2018, oferece uma programação especial para os pequenos nos dia 23 e 24 de junho, a partir das 15h, no Sítio Trindade. O local também abre espaço para as tradições de matriz africana, que ganham eco na 13ª Exposição Culinária Afro-Brasileira, no dia 20, a partir das 18h.

A festa vai ganhar 13 arraiais de bairro, montados pela prefeitura no Bongi, em Brasília Teimosa, Campo Grande, Cordeiro, nas duas unidades do Compaz (Alto Santa Terezinha e Imbiribeira) Ibura, Lagoa do Araçá, Totó, Vila Tamandaré, UR-02, Barro e Poço da Panela. Outros 17 arraiais tradicionais ganharam patrocínios da gestão municipal para animar a festa nos bairros do Córrego do Euclides, Iputinga (dois arraiais), Campina do Barreto, Mangabeira, Chié, Morro da Conceição, Mustardinha, Casa Amarela, Cajueiro, Alto José Bonifácio, Várzea, Três Carneiros (Ibura), Madalena, Arruda, Alto José do Pinho e UR-2 (Ibura).

A festa de São Pedro também ganhou programação especial. O pátio que reverencia do padroeiro dos pescadores, no centro do Recife, tem programação especial nos dias 23, 24, 27, 28, 29 e 30.

Confira a programação completa:

SÃO JOÃO 2019

– De 12 de junho a 7 de julho 

– 37 Arraiais: 3 arraiais centralizados (no Sítio Trindade, Praça do Arsenal e Pátio de São Pedro); Arraial Frei Caneca13 arraiais de bairro, no Bongi, em Brasília Teimosa, Campo Grande, Cordeiro, nas duas unidades do Compaz (Alto Santa Terezinha e Imbiribeira) Ibura, Lagoa do Araçá, Totó, Vila Tamandaré, UR-02, Barro e Poço da Panela; 17 arraiais tradicionais, com apoio da Prefeitura do Recife, no Córrego do Euclides, Iputinga (dois arraiais), Campina do Barreto, Mangabeira, Chié, Morro da Conceição, Mustardinha, Casa Amarela, Cajueiro, Alto José Bonifácio, Várzea, Três Carneiros (Ibura), Madalena, Arruda, Alto José do Pinho e UR-2 (Ibura); 3 arraiais do concurso Eu Amo Minha Rua

– Principais atrações: Nando Cordel, além de Silvério Pessoa, Josildo Sá, Novinho da Paraíba, Genival Lacerda, Lia de Itamaracá, Petrúcio Amorim, Santanna, Terezinha do Acordeon, Salatiel Camarão, Maestro Forró & Fole Assoprado e Banda Fulô de Mandacaru, entre outros. Preservando as tradições populares, haverá ainda mais de 290 apresentações de trios de forró pé-de-serra em toda a cidade

 – SÍTIO TRINDADE 

Concursos de quadrilhas juninas: 15 a 30 de junho

Trios pé-de-serra, Sala de Reboco e apresentações no palco principal: 21 a 30 de junho

Arraial infantil: 23 de junho (17h)

13ª Exposição Culinária Afro-brasileira: 20 de junho

Procissão dos Santos Juninos: 22 de junho

 

– PRAÇA DO ARSENAL

15ª Caminhada do Forró: 13 de junho

Arraial Frei Caneca (aniversário de 1 ano da rádio): 29 de junho

 

– PÁTIO DE SÃO PEDRO

Festejos juninos: 23, 24, 28, 29 e 30 de junho

Festa do Fogo: 27 de junho

Desfile das Bandeiras Juninas: 28 de junho

Forró de PE: 30 de junho

– BRASÍLIA TEIMOSA

Festa de São Pedro em Brasília Teimosa: 29 de junho

PROGRAMAÇÃO:

SÍTIO TRINDADE

PALCO PRINCIPAL

Dia 21 (a partir das 19h)

Amigos Sertanejos

Projeto Show Zé Dantas

Israel Filho

Nando Cordel

Dia 22 (a partir das 19h)

Maciel Salú

André Macambira

Silvério Pessoa: Cabeça Feita

Beto Hortis

Dia 23 (a partir das 19h)

Rogério Rangel

Irah Caldeira

Banda Cascabulho

Petrúcio Amorim

Dia 24 (a partir das 19h)

Antúlio Madureira

Cristina Amaral

Maciel Melo

Quinteto Violado: 100 anos de Jackson do Pandeiro

Dia 28 (a partir das 19h)

Ivan Ferraz

Josildo Sá

Fabiana Azevedo de Meneses

Santanna

Dia 29 (a partir das 19h)

Terezinha do Acordeon

Salatiel Camarão

Maestro Forró & Fole Assoprado

Banda Fulô de Mandacaru

Dia 30 (a partir das 19h)

Família Salustiano e a Rabeca Encantada

Lia de Itamaracá

Genival Lacerda

Novinho da Paraíba

INFANTIL SÍTIO TRINDADE

Dia 23 (a partir das 15h40)

Tio Bruninho

Dia 24 (a partir das 15h)

Cia de Dança

Ilana Ventura

Bailinho Maravilha

SALA DE REBOCO

Dia 21 (a partir das 19h)

Forró Sensação

Jorge Silva

Mazinho de Arcoverde

Dia 22 (a partir das 19h)

Bia Marinho

Nildinho da Paraíba

Marcos de Lima e Banda

Dia 23 (a partir das 19h)

Muniz do Arrasta-pé

Manoelzinho do Acordeon

Joquinha Gonzaga

Dia 24 (a partir das 19h)

Edmilson do Pífano

Agostinho do Acordeon

Tonino Arcoverde

Dia 28 (a partir das 19h)

Cesar Michiles &Transversal no Forró

Zé de Teté

Luiz Paixão

Banda Expresso do Recife

Dia 29 (a partir das 19h)

Zelyto Madeira

Banda Coruja e seus Tangaras

Ari de Arimatéa

Dia 30 (a partir das 19h)

Banda Segnos

Márcia Pequeno

Luizinho Calixto

 

PAVILHÃO DAS QUADRILHAS

Dia 23 (a partir das 19h30)

Ska na Roça (Ska Maria Pastora toca Luiz Gonzaga)

Vinil Gonzagueira

Fim de Feira

Dia 24 (a partir das 19h30)

Bruno Simpson

Gustavo Travassos

André Lins

 

PÁTIO DE SÃO PEDRO

Dia 23 (a partir das 19h)

Nando Cordel

Derico Alves

Luizinho de Serra

Geraldinho Lins

Dia 24 (a partir das 19h)

Sagrama São João

Walmir Chagas (Véi Mangaba)

Liv Moraes

Fim de Feira

Dia 28 (a partir das 19h)

Isaar

Quinteto Violado: 100 anos de Jackson do Pandeiro

Rogério Rangel

Irah Caldeira

Dia 29 (a partir das 19h)

Roberto Cruz

Santanna

Maciel Melo

Em Canto e Poesia

 

ARRAIAIS DE BAIRRO

Barro

Dia 23 (a partir das 19h)

Letto do Cavaco

Carlinhos Monte Verde

Quadrilha

Rosana Simpson

Aracílio Araújo

Festa Vip

Dia 24 (a partir das 19h)

Lyzia Rocha

Tuca Barros

Quadrilha

Rodrigo Raposo

Ed Carlos

Seu Rosa

Bongi

Dia 23 (a partir das 19h)

Luciano Ferraz

Quadrilha

Zé Bicudo e Joana Angélica

Nilton do Baião

Dia 24 (a partir das 19h)

Lucinha Guerra

Quadrilha

Rayssa Bacelar

Campo Grande

Dia 22 (a partir das 19h)

Gennaro

Aluizio do Acordeon

Quadrilha

Claúdio Almeida

Valdinho Paes

Dia 23 (a partir das 19h)

Kelly Benevides

Quadrilha

Santa Dose

Raminho do Acordeon

Michelle Melo

Cordeiro

Dia 22 (a partir das 19h)

Orquestra Arrecife Frevo

Familia Salustiano e a Rabeca Encantada

Quadrilha

Dia 23 (a partir das 19h)

Boneca de Pano

Patrícia Cruz

Quadrilha

Banda Som da Terra

Dino G. Braia

Elys Viana

Ibura

Dia 23 (a partir das 19h)

Banda Veneno

Marcio Cesar Amaral Silva

Quadrilha

Banda Lapada

Salatiel D’Camarão

Diego Cabral

Dia 24 (a partir das 19h)

Walkiria Mendes

Muniz do Arrastapé

Quadrilha

Andrezza Formiga

Lagoa do Araçá

Dia 22 (a partir das 19h)

Quadrilha

Geraldo Maia

Dudu do Acordeon

Dia 23 (a partir das 19h)

Tribo Cordel

Quadrilha

Nádia Maia

Nando Cordel

Poço da Panela

Dia 22 (a partir das 19h)

Trio Xodó Maior

A Trombonada e Jota Micheles

Quadrilha

Nena Queiroga

Edilza Aires e Barbára Aires

Banda Alphastral

Dia 23 (a partir das 19h)

Geraldinho Lins

Benil

Quadrilha

André Macambira

Balaio de Cheiro

Beleza Pura

Totó

Dia 22 (a partir das 19h)

Daniel Bento

Quadrilha

Gerlane Lops

Sevy Nascimento

Dia 23 (a partir das 19h)

Ciko Macedo

Quadrilha

Cylene Araujo

Vila Tamandaré

Dia 22 (a partir das 19h)

Pecinho Amorim

Belo Xis

Quadrilha

Galeguinho de Gravatá

Dudu do Acordeon

Almir Rouche

Dia 23 (a partir das 19h)

Pegado do GB

Luciano Padilha

Quadrilha

Chico Balla

Brasília Teimosa

Dia 29 (a partir das 19h)

Quadrilha

Nando Cordel

BAILE DOS NAMORADOS: Tradicional evento que celebra o amor e a solidariedade, o Baile dos Namorados será no próximo dia 12 de junho, Dia do alcoviteiro Santo Antônio, padroeiro dos encontros. José Augusto, Adilson Ramos e os Garçons Cantores são as atrações que farão os rostinhos colarem no salão. Ingressos à venda no http://ticketfolia.com e nos quiosques da TicketFolia nos Shoppings Recife, Guararapes, Boa Vista, Tacaruna, Plaza e RioMar.

CONCURSOS DE QUADRILHAS JUNINAS: Para o 35º Concurso de Quadrilhas Juninas Adultas, estão inscritos 35 grupos, cada um com 20 pares. As apresentações da fase eliminatória acontecerão de 17 a 22 de junho, no Sítio Trindade, a partir das 20h. As 12 quadrilhas selecionadas para a final voltam a se apresentar no Sítio Trindade, nos dias 28 e 29 de junho, a partir das 20h. As finalistas receberão, cada uma, R$ 3 mil, pela apresentação. As cinco vencedoras recebem, respectivamente: R$ 13 mil; R$ 9 mil; R$ 7 mil; R$ 6 mil; e R$ 5 mil.

Desta 17º edição do Concurso de Quadrilhas Juninas Infanto-juvenis, participarão sete quadrilhas, cada uma com, no mínimo, 16 pares. As apresentações da fase eliminatória acontecerão nos dias 15 e 16 de junho, no Sítio da Trindade, a partir das 19h30. A final acontecerá no mesmo Sítio Trindade, no dia 30 de junho, a partir das 17h. Cinco quadrilhas serão selecionadas para a final, com prêmio de classificação de R$ 3 mil. Os três primeiros lugares receberão ainda premiações no valor de R$ 5 mil, R$ 4 mil e R$ 3 mil, respectivamente.

Confira a programação dos concursos:

17º CONCURSO DE QUADRILHAS JUNINAS INFANTIS

Local: Sítio Trindade

15 de junho

19h – Mirim Evolução

19h45 – Matutinho Dançante

20h30 – Fusão

16 de junho

17h – Menezes na Roça

17h45 – Brincants

18h30 – Raízes do Rosário

19h15 – Sapeca

35º CONCURSO DE QUADRILHAS JUNINAS ADULTAS 

Local: Sítio Trindade

 

17 de junho

20h – Raízes do Pinho

20h45 – Forró Baião Nordestino

21h30 – Brilho de Ouro

22h15 – 100 Hora

23h – Arrocha o Nó

18 de junho

20h – Serrana Matuta

20h45 – Traquejo

21h30 – Matutada

22h15 – Dona Matuta

23h – Xotear

23h45 – Zabumba

19 de junho

20h – Explosão Coroense

20h45 – Mandacaru de Limoeiro

21h30 – Traque de Massa

22h15 – Zé Matuto

23h – Renascer

23h45 – Traque

20 de junho

20h – Chinelar

20h45 – União Junina

21h30 – Chá de Zabumba

22h15 – Flor de São João

23h – Bacamarte

23h45 – Raio de Sol

21 de junho

20h – Fulejo

20h45 – Junina da Sulanca

21h30 – Amigos do Furacão

22h15 – Evolução

23h – Quentão

23h45 – Lumiar

22 de junho

20h – Rosa dos Ventos

20h45 – Origem Nordestina

21h30 – Cambalacho

22h15 – Matutinho

23h – Mestre Zé

23h45 – Tradição

CAMINHADA DO FORRÓ: No dia 13, os forrozeiros abrem alas para o São João, na 15ª Caminhada do Forró. A partir das 17h, todas as sanfonas se concentram na Rua da Moeda para seguir em cortejo até a Praça do Arsenal, onde várias atrações se apresentam no palco montado pela Prefeitura do Recife.

PROCISSÕES: Para celebrar os santos juninos, a programação preparada pela Prefeitura do Recife vai caprichar também na liturgia. No dia 22, a Procissão dos Santos Juninos descerá do Morro da Conceição, arrastando centenas de fiéis e brincantes até o Sítio Trindade. No dia 28, tem mais programação sagrada, com o Desfile das Bandeiras Juninas, no Bairro do Recife.

SÃO PEDRO: No Pátio de São Pedro, vai ter programação junina nos dias 23 e 24. Nos dias 28, 29 e 30, o padroeiro dos pescadores será celebrado no pátio histórico e também em Brasília Teimosa, bairro que brotou da maré e sempre tirou dela seu sustento. O pátio histórico recebe programação também no dia 27, com a Festa do Fogo, homenagem a Xangô.

HOMENAGEADOS

Nando Cordel

Natural de Ipojuca, Fernando Manoel Correia é o mais velho de 14 irmãos, nascidos do encontro entre uma dona de casa e um comerciante, que era poeta e repentista nas horas vagas. Logo cedo, descobriu que havia herdado do pai o gosto pela música e pela poesia. E, contrariando as expectativas da família, teve coragem para transformar prazer em ofício.

Aos 17 anos, já tocava violão e cantava, pelejando em cima dos palcos. Embaixo deles, era também compositor, incansável e certeiro. De tão boas, suas letras não demoraram a sagrá-lo Nando Cordel, nome artístico que ele mesmo escolheu, juntando um pedaço de cada um de seus sobrenomes e ainda celebrando a literatura cordelista, tão cara aos nordestinos.

Não demorou e ele foi parar na trilha sonora de várias novelas e acabou tendo mais de 1500 músicas gravadas por artistas famosos, como Dominguinhos, Luiz Gonzaga e Elba Ramalho, Chico Buarque e Maria Bethânia, Amelinha, Fagner, Fafá de Belém e até Xuxa Meneguel.

Mais que alegria, Nando sempre fez questão de semear paz e futuros para quem, como ele, nasceu sem perspectivas de vida. É fundador da instituição Lar do Amanhã, que desde 1996 já atendeu mais de 2,5 mil famílias do Cabo de Santo Agostinho, e também dedica parte de sua obra à música instrumental e espiritual, para relaxamento e meditação.

Correu mundo e meio. Já teve músicas lançadas na Bélgica, Suíça, Espanha, Alemanha, França, Colômbia, Peru, Canadá e Estados Unidos, mas sempre volta para casa, onde seu coração pulsa junino, na cadência da sanfona.

Zé Dantas

Um dos mais antigos e fiéis sinônimos que o forró ganhou no Nordeste, Zé Dantas ou Zédantas, como gostava de grafar seu nome, nasceu José de Souza Dantas Filho, no município de Carnaíba de Flores, no Sertão do Alto Pajeú pernambucano. Aos nove anos, mudou-se para o Recife, onde cursou medicina, sem nunca deixar de manter contato com as mais diversas manifestações culturais populares do interior de Pernambuco.

Pouco a pouco, inicia o registro de relatos orais, poemas e toadas cantadas pelos vaqueiros. Até que decide ele mesmo cantar as dores e belezas sertanejas, aprendendo sozinho a tocar violão e começando a compor.

A fome junta com a vontade de comer quando ele conhece Luiz Gonzaga, famoso representante das causas e causos nordestinos, e os dois começam a compor juntos, fazendo nascer clássicos como Vem Morena, Forró de Mané Vito, Sabiá, Riacho do Navio e Xote das Meninas.

Depois de formado, Zédantas acaba se mudando para o Rio de Janeiro, onde, já parceiro famoso do ainda mais famoso Rei do Baião, começa a apresentar programas de rádio, entre eles No Mundo do Baião, transmitido dos estúdios da Rádio Nacional, onde contava histórias e imitava personagens típicos do Nordeste.

O artista morre em 1962, sem nunca ter abandonado o Nordeste na sua obra e nem na geografia do seu afeto, tendo chegado a usar suas músicas para fazer denúncias contra a seca e a falta de atenção política à dureza das vidas privadas de água.

Teve suas composições gravadas por muitas gerações de artistas, como Dominguinhos, Hermeto Pascoal, Gal Costa, Maria Bethânia, Alceu Valença, Quinteto Violado, Marisa Monte e Gilberto Gil. E segue vivo até hoje nos corações e arraiais nordestinos, imortalizado em cada par de pés que se arrastam atendendo ao irresistível convite do baião.

TURISMO

EU AMO MINHA RUA: A Prefeitura do Recife, por meio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, iniciou as inscrições para a 7ª edição do concurso Eu Amo Minha Rua. A competição de decoração junina vai premiar o primeiro lugar com um arraial e show de duas bandas. Para o segundo e terceiro colocados, o prêmio será uma festa com uma banda e um trio de forró pé de serra. Os interessados têm até o dia 17 de junho para garantir participação, através do site www.euamominharua.com.br.

O concurso cultural tem como principal objetivo selecionar as ruas mais bem decoradas para o São João, promovendo a participação social e resgatando esse costume antigo de decorar as ruas e casas no mês junino. Somente ruas localizadas no Recife podem participar. O resultado dos vencedores será divulgado no dia 25 de junho e os arraiais acontecerão no dia 29 de junho.

ATENDIMENTO A TURISTAS: O Recife está preparado para receber os visitantes que estiverem na cidade durante o mês de junho. Nos Centros de Atendimento ao Turista (CATs) da cidade, o viajante consegue obter informações turísticas, materiais de divulgação da cidade e também informações sobre programação e roteiros.

O funcionamento dos CATs varia de acordo com cada unidade. Estão abertos diariamente os CATs do Aeroporto, 24h por dia; da Praça do Arsenal, das 8h às 18h; e da Pracinha de Boa Viagem, das 8h às 20h. De terça a domingo, o CAT Ambiental abre das 10h às 18h. Já o CAT do Terminal Integrado de Passageiros funciona de segunda a sexta, das 8h às 18h, e nos sábados, domingos e feriados, das 10h às 16h. O CAT do Shopping Recife funciona de segunda a sábado, das 9h às 21h, e, nos domingos, das 12h às 21h.

Para o feriado de São João, 24 de junho, estarão abertos os CATs na Praça do Arsenal (das 12h às 18h), na Pracinha de Boa Viagem (das 12h às 20h), no Terminal Integrado de Passageiros (das 10h às 16h) e no Aeroporto (24h). O CAT Ambiental, que fica no Segundo Jardim de Boa Viagem, estará fechado no dia 24, mas abre normalmente no dia 25, das 10h às 18h.

OLHA! RECIFE: Nada melhor do que uma vivência turística para conhecer uma cidade. Com o Olha! Recife, o projeto de sensibilização turística da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer, cidadãos e visitantes têm a oportunidade participar de passeios gratuitos, com guias de turismo, por diversos atrativos. Neste período junino, o roteiro CurioCidades, que será no dia 29 de junho, será “São João e Forrobodó”. O tour fará homenagem aos personagens típicos do mês de junho e vai resgatar tradições como as fogueiras, as comidas típicas e as quadrilhas. Este tour contará com intervenções artísticas intensificando o lúdico e a interatividade.  As inscrições serão abertas pelo site www.olharecife.com.br.

RECIFE MAIS CULTURA: A Pracinha de Boa Viagem é um dos cartões-postais do Recife e conta com uma boa concentração de hotéis no seu entorno. Aproveitando esse movimento de turistas no local e também buscando proporcionar mais uma opção gratuita de lazer e cultura ao ar livre, foi criado o Recife Mais Cultura, que acontece sempre nas quartas-feiras, a partir das 19h. Neste mês junino, a programação começou com a Orquestra Beberibe do Forró, na última quarta-feira (5), e segue com o Trio Forró Vienna (12/06), Forró Gonzagão (19/09) e, para encerrar, novamente a Orquestra Beberibe do Forró, no dia 26.

TENGO LENGO TENGO: O Bairro do Recife receberá, entre os dias 13 de junho e 27 de agosto, a exposição “Tengo Lengo Tengo –  O Sertão de Luiz Gonzaga e do Padre João Câncio”, no Museu Cais do Sertão. Em uma articulação com o Governo de Pernambuco, a Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife está apoiando a homenagem aos trinta anos de morte desses dois seres icônicos para a história pernambucana.

TREM DO FORRÓ: O passeio de trem mais forrozeiro do mundo conta com apoio da Secretaria de Turismo, Esportes e Lazer do Recife. Os dez vagões, com capacidade para cem pessoas, que são pura animação, são também atrativos turísticos para quem está na cidade. A expectativa da empresa é que quase 7 mil turistas participem desta 29ª edição do Trem do Forró, que será nos  dias 8, 9, 15, 16, 22, 23 e 29 de junho. O trem faz o percurso de ida e volta entre Recife e Cabo de Santo Agostinho, ao som de muito forró, por quase sete horas. Informações: http://www.tremdoforro.com.br/.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: