O portal do Sistema Opinião

POP9

Investigação

pe

Preso segundo suspeito de participar de assaltos aos Correios e bancos

Wédem da Silva Araújo, 36 anos, e natural de Caruaru, foi preso na cidade paraibana de Monteiro. Ele teria participado das investidas em Chã Grande, Riacho das Almas e Bezerros

setembro 24, 2019 às 07:28 - Por: Redação OP9

Wédem foi encontrado em um carro roubado e com placa clonada. Foto: PF/Divulgação

Wédem foi encontrado em um carro roubado e com placa clonada. Foto: PF/Divulgação

Um segundo suspeito de participar de pelo menos três investidas criminosas em instituições financeiras de Pernambuco este ano — entre elas os assaltos às agências dos Correiros de Riacho das Almas e Chã Grande, além do banco Siscoob em Bezerros, foi preso pela Polícia Federal. Wédem da Silva Araújo, 36 anos, e natural de Caruaru, foi detido na cidade paraibana de Monteiro na segunda-feira (23).

Leia também:
Suspeito de participar de assaltos aos Correios e financeiras é preso

O chefe de comunicação da PF, Giovanni Santoro, considera a quadrilha desarticulada. “Nós acreditamos que se tiver algum outro integrante tem um papel menor na hierarquia. Mas os cabeças já foram presos. Os dois são muito perigosos, bastante violentos e ameaçam as pessoas a todo instante. Eles já possuem vários antecedentes criminais”, explica.

O suspeito já tem passagem pela polícia. Ele já foi preso em 2005 por roubo, tendo sido condenado. Além disso, já havia fugido do presídio e estava atualmente no regime semi-aberto. Durante as investigações, a Polícia Federal descobriu que ele havia se mudado para Sumé, na Paraíba. Wédem foi encontrado em um carro roubado e com placa clonada.

Após a prisão, os policiais foram até o sítio onde o suspeito morava. Lá, foram apreendidas várias peças de roupas, comprovantes de depósitos no valor de R$ 2 mil reais, documentos de uma moto, 16 munições calibre 38, dois revólveres calibre 38 (pertencentes a uma empresa de segurança privada) e a quantia de R$ 10.150.

Na Paraíba, Wédem foi autuado por posse ilegal de arma de fogo e receptação dolosa. Ele também foi autuado em flagrante pelo crime roubo em concurso de duas ou mais pessoas com emprego de arma de fogo. Caso venha a ser condenado, ele poderá pegar penas que variam de quatro a dez anos de reclusão.

Segunda prisão em uma semana

Wédem foi o segundo suspeito de participação nas investidas criminosas às agências dos Correiros de Riacho das Almas e Chã Grande, além do banco Siscoob em Bezerros preso em uma semana. Na terça-feira passada (17), Euclides Chagas dos Santos, 29 anos, que trabalhava como locutor, foi detido dentro de casa, no bairro do Salgado, em Caruaru.

De acordo com a PF, registros de circuito dos estabelecimentos mostram a participação de Euclides nos assaltos. Ele já havia sido preso anteriormente em 2011 por tráfico de drogas e em 2017 por roubo. Em ambas as situações, ele foi condenado. Na residência do suspeito, foram apreendidos um revólver calibre 38 sem munição, um aparelho celular e um documento de identidade falso em nome de outra pessoa que o suspeito vinha utilizando para não ser encontrado pela polícia.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: