O portal do Sistema Opinião

POP9

Urbanismo

pe

Prefeitura inscreve para discussões sobre o Plano Diretor do Recife

Oficinas temáticas ocorrem entre 20 e 30 de agosto, das 13h30 às 20h, no Senac da Avenida João de Barros

agosto 13, 2018 às 12:05 - Por: Redação OP9

Primeira oficina da revisão do Plano Diretor do Recife. Foto: Wesley D'Almeida/Divulgação

Primeira oficina da revisão do Plano Diretor do Recife. Foto: Wesley D’Almeida/Divulgação

A Secretaria de Planejamento Urbano do Recife abriu nesta segunda-feira (13) as inscrições para oficinas temáticas com o intuito de discutir o desenho do novo Plano Diretor da cidade. Qualquer morador do município pode participar dos debates, que acontecem entre os dias 20 e 30 de agosto, das 13h30 às 20h.

Serão oito encontros, com 92 participantes em cada um. As vagas serão distribuídas para 32 integrantes do Grupo de Trabalho do Plano de Ordenamento Territorial; 30 para segmentos representativos da sociedade — priorizando integrantes do Conselho da Cidade e 30 para o público em geral. Todas as vagas serão preenchidas com igualdade de gênero.

As oficinas acontecem entre 20 e 30 de agosto, sempre das 13h30 às 20h, no Senac da Avenida João de Barros, no Espinheiro, Zona Norte do Recife. As inscrições podem ser feitas no site do Plano Diretor do Recife, ou pelo do telefone (81) 3355.8152. Se todas vagas forem preenchidas, e houver excedentes, será montada uma lista de espera para as oficinas. Em caso de desistências, os interessados serão convocados por ordem de inscrição.

Revisão do Plano Diretor

O Plano Diretor do Recife é um conjunto de normas que definem o futuro do traçado urbano da cidade, cuidado do funcionamento e da regulação das atividades praticadas nela. É ele que regula onde podem ser construídos empreendimentos imobiliários, as áreas de preservação e as regras de ocupação do solo de cada um dos bairros do município. As regras também delimitam parte do funcionamento do município, estabelecendo as áreas de interesse social, a qualidade dos espaços públicos e os locais de ocupação que podem ser expandidos. O texto atual do Plano é de 2008 e, desde então, várias novas questões e demandas surgiram nas cidade.

Este ano, uma década depois da construção do plano original, ele deve ser revisado e atualizado. O maior objetivo do novo plano é proporcionar uma cidade com masi qualidade de vida. Para isso, serão consultados o governo, empresas, sindicatos, ONGs, universidades e a população em geral, ouvidos por meio de consultas públicas, debates e audiências.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: