O portal do Sistema Opinião

POP9

Intimidação

pe

Guardas municipais recebem ameaças ao trabalho na Iputinga e Ibura

Categoria relata que o não uso de armamento para desempenhar a função facilita a ação das pessoas que os intimidam

Janeiro 10, 2019 às 19:19 - Por: Redação OP9


Os guardas municipais que atuam na manutenção da segurança pública e preservação do patrimônio no Recife estão sendo ameaçados durante a jornada de trabalho em alguns bairros da cidade. A denúncia foi feita pela categoria, e eles apontam ainda que a situação é mais crítica nos bairros da Iputinga, na Zona Oeste, e no Ibura, na Zona Sul. Segundo o Movimento Independente, entidade que representa os servidores, já foram registradas duas ameaças e um alerta em apenas um mês.

Na Iputinga, segundo o Movimento Independente, dois homens em motos ameaçaram os guardas municipais e exigiram que os profissionais se retirassem do local. A mesma situação teria acontecido no Ibura, mas na ocasião foram pelo menos seis motos. “Foram pessoas fortemente armadas em duas motos. Eles ameaçaram os colegas dizendo que eles não ficassem por lá. Posteriormente, aconteceu o mesmo, mas com seis motos lá no Ibura”, disse Marília Viana, presidente do Movimento Independente.

Atualmente, a Guarda Municipal é constituída por dois mil profissionais que trabalham desarmados. Para o Movimento Independente, isso faz com que os guardas se sintam inseguros na atividade desempenhada, o que representa um risco à categoria. “Existem as ocorrências que precisam de repressão. Nessas horas, a gente precisa realmente estar trabalhando armado. Até para se fazer segurança preventiva é necessário o uso de armamento”, completa Marília Viana.

A equipe de reportagem da TV Clube entrou em contato com a Secretaria de Segurança Urbana do Recife, mas ainda não obteve resposta.

Mais informações na reportagem de Renatta Gorga, da TV Clube, uma emissora do Sistema Opinião

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: