O portal do Sistema Opinião

POP9

TRANSPORTE

pe

Empresa denunciada por manter ônibus com ar-condicionado parados

Segundo a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, a frota nova de dez veículos especiais está sem rodar desde maio de 2019 na garagem da empresa Mobibrasil

julho 22, 2019 às 18:35 - Por: Redação OP9

Ônibus estão parados na garagem da empresa Mobibrasil desde maio de 2019, segundo Frente de Luta pelo Transporte. Foto: divulgação FLTP

Ônibus estão parados na garagem da empresa Mobibrasil desde maio de 2019, segundo Frente de Luta pelo Transporte. Foto: divulgação FLTP

Mais uma empresa de transporte público em Pernambuco está sendo denunciada por supostamente manter ônibus novos e com ar-condicionado parados na garagem. De acordo com a Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco (FLTP), a Mobibrasil adquiriu os veículos no mês de maio de 2019 e, apesar de já estarem adesivados, continuam fora de circulação. Outras duas empresas, a Caxangá e a Metropolitana, também foram denunciadas pela mesma prática e estão sob investigação do Ministério Público de Pernambuco.

Leia também:
MPPE ordena investigações sobre ônibus climatizados parados no Recife
Empresas denunciadas por manterem ônibus novos parados

Sem citar diretamente a Mobibrasil, a FLTP apontou  que “as empresas de ônibus possuem subsídios fiscais para compra, emplacamento e pagamento do IPVA, além de desonerações na folha e isenções no combustível”. De acordo com a denúncia, enquanto a frota nova não é colocada nas ruas de propósito, segundo a entidade,  os ônibus mais antigos e sem climatização continuam circulando. “Ou seja, dinheiro do povo pernambucano sem a devida e correta destinação”, aponta um comunicado da frente.

De acordo com advogado e coordenador da Frente de Luta pelo Transporte Público de Pernambuco, Pedro Josephi, a entidade vai ingressar nesta terça-feira (23) com um pedido de informação no Conselho Superior de Transporte Metropolitano do Consórcio Grande Recife. No mesmo dia, os ativistas também vão apresentar uma representação no Ministério Público de Pernambuco.

Na prática, trata-se de um pedido formal para que os promotores investiguem o caso. “As empresas de ônibus só atuam corretamente com pressão e fiscalização da sociedade. Tenho certeza que o secretário Marcelo Bruto não compactua com tal situação, pois, em se confirmando, fica constatado o desvio de finalidade do dinheiro público”, alerta Josephi. A FLTP também divulgou imagens dos supostos ônibus novos, já adesivados.

Em nota, o Grande Recife informou que a empresa Mobibrasil adquiriu dez novos veículos especiais, com portas dos dois lados do ônibus, que estão em fase final de cadastramento junto ao consórcio. “Estes carros devem iniciar a operação na linha 2490 – TI Camaragibe/TI Macaxeira até o fim deste mês”. O comunicado do órgão não deixa claro se a empresa já está recebendo recursos e/ou subsídios pelos veículos parados. Procurada pela reportagem via e-mail, a empresa Mobibrasil ainda não se manifestou.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: