O portal do Sistema Opinião

POP9

Prisão

pe

PM é flagrado fazendo escolta particular de detentos da PAI

Ele teria sido contratado para fazer a segurança de dois presos com armas, dinheiro e maconha. Outros dois integrantes chegaram à penitenciária de Uber

novembro 7, 2018 às 18:42 - Por: Redação OP9

Entre os presos estava um policial militar, que teria sido contratado para fazer uma escolta. Foto: Google Street View/Reprodução

Entre os presos estava um policial militar, que teria sido contratado para fazer uma escolta. Foto: Google Street View/Reprodução

O 26º Batalhão de Polícia Militar prendeu cinco homens que saíam da Penitenciária Agroindustrial São João, localizada em Itamaracá, Litoral Norte de Pernambuco, com quatro armas de fogo – sendo três pistolas, um revólver, munições calibre 38, 40 e 380 -, R$ 8.852,00, além de 50 gramas de maconha. De acordo com as investigações, dois integrantes do bando teriam pego um Uber para chegar no local. Um deles seria policial militar e junto com outro membro teria sido contratado para fazer a escolta de dois detentos que obtiveram liberação temporária, nesta quarta-feira (7), por sete dias. O grupo foi preso em flagrante ainda no caminho por volta das 10h.

Durante a abordagem, segundo as investigações, o policial militar teria tentado subornar o efetivo. Ele foi autuado por associação criminosa e corrupção passiva. Os envolvidos identificados como Dayvson Lima Gomes (PM), Robenilson Pereira da Silva (motorista do Uber), Ângelo Márcio Carneiro dos Santos e os detentos com salvo conduto temporário José de Moura Batista e Manoel José da Silva preferiram não prestar esclarecimentos. O grupo foi encaminhado à Delegacia de Polícia de Itapissuma e nesta quinta-feira passará por uma audiência de custódia.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: