O portal do Sistema Opinião

POP9

VIOLÊNCIA

pe

Adolescente e namorado são mortos a tiros em área de engenho

Casal estava no Engenho Tiriri quando teria sido chamado para sair de carro com amigos. Corpos foram encontrados metros depois no meio da rua

outubro 12, 2019 às 11:07 - Por: Redação OP9

Informações não oficiais apontam que o casal teria sido assassinado porque o jovem teria repassado informações para a polícia. Foto: WhatsApp/Cortesia

Informações não oficiais apontam que o casal teria sido assassinado porque o jovem teria repassado informações para a polícia. Foto: WhatsApp/Cortesia

Uma adolescente de 17 anos e o namorado, Moisés Alan Oliveira de Souza, 19, foram mortos a tiros na noite da sexta-feira (11), em Pirapama, no Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. De acordo com a polícia, o casal estaria num casebre nas terras do Engenho Tiriri quando foi convidado por amigos, identidades ainda desconhecidas, para dar uma volta de carro. Os corpos foram encontrados a poucos metros de distância da casa, no meio da rua.

Por se tratar de uma área difícil acesso, a polícia só chegou ao local três horas após ter sido acionada para o crime, por volta de 21h. “É uma área longe de tudo. Eles estavam num lugar, como se fosse um bar, depois de uma fonte de água mineral”, detalhou o delegado Joaquim Braga, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Cada uma das vítimas foi baleada quatro vezes, no rosto, tórax e costas. Moisés estava em liberdade há apenas três dias e havia sido preso por roubo. Na sexta, dia do crime, era o aniversário dele. A família do rapaz mora no Cabo de Santo Agostinho. Os pais contaram que passaram a manhã com ele, mas, à noite, ele disse que sairia para comemorar com a namorada e não voltou mais para casa.

Informações não oficiais apontam que as execuções teriam sido motivadas porque o jovem teria traído a quadrilha repassando informações para a polícia. Nas redes sociais, um vídeo de nove segundos se alastrou mostrando os últimos momentos do rapaz. Nas imagens, ele aparece sentado com a roupa que estava quando foi executado falando algo. No entanto, só é possível ouvir uma voz masculina narrando: “cola com polícia, safadozo (sic), cagueta”.

Após a perícia do Instituto de Criminalística, os corpos foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML), no Recife. O enterro deve acontecer ainda neste sábado.

Adolescente de 17 anos foi morta com quatro tiros. Foto: WhatsApp/Cortesia

Adolescente de 17 anos foi morta com quatro tiros. Foto: WhatsApp/Cortesia

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: