O portal do Sistema Opinião

POP9

É campeão!

pe

Pernambuco tem campeões pouco conhecidos na água, areia e tatame

Apesar do baixo investimento, estado teve um 2018 positivo em esportes compensando o fracasso no futebol

Janeiro 5, 2019 às 09:04 - Por: Redação OP9

O ano de 2018 teve o futebol como o principal destaque esportivo em Pernambuco, com o tradicional calendário dos clubes locais e disputa da Copa do Mundo da Rússia. No entanto, o estado também brilhou em outras modalidades no ano que passou. A terra dos altos coqueiros brilhou na areia, na água e no tatame.

Atalanta Batista terá calendário cheio em 2019. Foto: Damangar/CBSurf/Divulgação

Atalanta Batista terá calendário cheio em 2019. Foto: Damangar/CBSurf/Divulgação

No embalo das ondas

A atleta pernambucana Atalanta Batista encerrou 2018 em grande estilo. Ela sagrou-se pentacampeã brasileira de surf na categoria Longboard profissional. O resultado foi divulgado pela Confederação Brasileira de Surf justamente no último dia 31. O campeonato foi disputado em duas etapas e Atalanta Batista conseguiu somar 1.430 pontos, seguida por Chloe Calmon (1.360 pontos) e Jasmin Avelino (1.065 pontos). A primeira metade do torneio aconteceu no Ceará, no IV Jericoacoara Cultura Longboard Festival de 2018. Já a última parte do campeonato aconteceu em “casa”, na Praia do Cupe, em Pernambuco.

Ainda no ano de 2018, a surfista ficou em 13º lugar geral no mundial disputado em Taiwan, além de ter conquistado a prata no Panamericano do Peru. Para este ano, a atleta tem o mundial da categoria a ser disputado na Austrália e o Campeonato de Surf Relik na Califórnia – EUA.

Pernambucano já conquistou mais de mil medalhas. Foto: COB/Divulgação

No tatame

Dificilmente Leonardo Sant’ana irá esquecer 2018. O ano foi coroado com os títulos de campeão estadual, brasileiro (Regional, Nacional e Escolar), pan-americano, sul-americano e do Mundial Escolar (na categoria dos mais pesados), disputado no Marrocos. O judoca de 17 anos é líder do ranking nacional e segundo na lista mundial sub-18.

O desempenho nos tatames ainda lhe rendeu o prêmio de melhor atleta de Pernambuco, concedido na solenidade do Pódio Pernambuco. Leonardo Sant’ana nasceu na cidade de Colombo, no Paraná, mas veio morar na capital pernambucana com apenas um ano de idade.

O faixa preta já acumula cinco campeonatos nacionais de judô, três medalhas de ouro dos Jogos Escolares, dois títulos sul-americano e um pan-americano. Já no Mundial de Jogos Escolares, Leonardo possui dois títulos. No ano de 2015 conquistou o reconhecimento de melhor atleta escolar do Brasil, na categoria entre 12 e 14 anos.

Felipe Silva é destaque da Seleção Brasileira e Sampaio Corrêa. Foto: CBSB/Divulgação

Felipe Silva é destaque da Seleção Brasileira e Sampaio Corrêa. Foto: CBSB/Divulgação

Na areia

Com a bola nos pés, Pernambuco também brilhou em 2018. Mas trocamos o estádio e gramados pelas areias da praia. O pernambucano Felipe Silva conquistou no mesmo ano os campeonatos Português e Europeu pelo Braga. Pela amarelinha, Felipe conquistou a Copa América, tornando-se um dos principais nomes do beach soccer brasileiro. No cenário nacional, ele ainda conquistou nesta temporada a Copa do Brasil com o Sampaio Corrêa – MA.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: