O portal do Sistema Opinião

POP9

Alternativa

pb

Pesquisadora da UFPB descobre líquido natural que mata Aedes aegypti

“A eficácia como inseticida já foi comprovada, tanto no uso direto quanto na produção de iscas”, disse Fabíola Cruz, do departamento de biologia celular e molecular da universidade paraibana

julho 11, 2019 às 18:02 - Por: Redação OP9

Formas seguras de utilizar a substância estão sendo investigadas. Foto: UFPB

Formas seguras de utilizar a substância estão sendo investigadas. Foto: UFPB

A pesquisadora do Departamento de Biologia Celular e Molecular da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Fabíola Cruz descobriu que o líquido extraído do sisal (planta cultivada em regiões semiáridas) mata rapidamente o mosquito da dengue, o Aedes aegypti.

Em sua última fase de pesquisa, Fabíola, também então coordenadora do Laboratório de Biotecnologia Aplicada a Parasitas e Vetores (Lapavet), explicou que o processo atual é de investigação de formas seguras de utilizar a substância, com previsão de conclusão em dois anos.

De acordo com ela, a descoberta foi por acaso e teve início depois de relatos de pequenos agricultores que usaram o suco do sisal pra eliminar carrapatos de bois. “A eficácia como inseticida já foi comprovada, tanto no uso direto quanto na produção de iscas”, confirmou.

Ao aplicar o extrato bruto nas larvas do Aedes aegypti, Fabíola descobriu que o líquido é letal para elas, e disse que, de início, o objetivo do estudo era observar sua ação larvicida. Mas, ao aplicar o suco em diversas fases da vida do mosquito, obteve resultados também positivos, e a pesquisa acabou crescendo. O líquido foi transformado em pó, facilitando o seu uso como inseticida comercial.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: