O portal do Sistema Opinião

POP9

Novo prazo

pb

Governador diz que 100% da água em CG agora será segunda-feira

João Azevedo participou de coletiva na tarde desta sexta-feira na sede da Cagepa, em Campina Grande, e anunciou que normalização só acontece em 72 horas

Março 22, 2019 às 14:42 - Por:

Governador esteve em Campina Grande pela primeira vez nesta sexta-feira após o colapso de água. Foto: Zenaide Ferreira/ TV Borborema.

Governador esteve em Campina Grande pela primeira vez nesta sexta-feira após o colapso de água. Foto: Zenaide Ferreira/ TV Borborema.

O governador da Paraíba, João Azevedo, informou na tarde desta sexta-feira (22), em coletiva de imprensa realizada na sede da Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa), em Campina Grande, que o abastecimento de água na cidade só será retomado 100% em 72 horas. Sendo assim, a promessa de que tudo voltaria ao normal no domingo (24) fica adiada por mais um dia.

Leia também:
Novo plano de abastecimento e força-tarefa auxiliam na seca em CG
Pane elétrica faz faltar água em CG e mais oito cidades da Paraíba
Transformadores chegam para normalizar abastecimento de água
Cagepa é autuada por má prestação de serviços e publicidade enganosa
Cagepa anuncia novo prazo para volta 100% da água em CG: domingo

Ainda segundo João Azevedo, nesta sexta-feira os trabalhos na Estação de Gravatá chegam ao fim por volta das 17h. O governador também comentou que a pane, seguida de incêndio, causou um prejuízo de aproximadamente R$ 4 milhões para a Cagepa. Nos bairros de Campina Grande que não foram inclusos no plano de contingência de racionamento, o que pode ser visto é muita briga quando os carros-pipa chegam.

O sétimo dia sem água nas torneiras em Campina Grande, no Agreste da Paraíba, segue trazendo vários reflexos negativos para o desenvolvimento das atividades essenciais do município. Na quinta-feira (21), foi a vez da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e a Secretaria de Saúde de Campina Grande anunciarem a suspensão de alguns serviços.

A UFCG informou através do site oficial que não terá condições de realizar qualquer tido de trabalho nesta sexta-feira (22), retomando normalmente apenas na segunda-feira. Já a Secretaria de Saúde se manifestou declarando que vem fazendo uma força tarefa para fazer com que os serviços essenciais funcionem normalmente. Porém, ficou definido que 43 unidades que prestam serviços de atenção básica e de baixa complexidade estão fechadas temporariamente.

Além de Campina Grande, sofrem sem água os moradores das seguintes cidades: Queimadas, Barra de Santana, Caturité, Lagoa Seca, São Sebastião de Lagoa de Roça, Matinhas, Alagoa Novas e Pocinhos.

João Brandão Neto

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: