O portal do Sistema Opinião

POP9

Menos gente

pb

Assembleia Legislativa corta 544 cargos de apoio aos deputados

Reforma administrativa tem objetivo, segundo o presidente da Casa, Adriano Galdino, de dinamizar a composição dos gabinetes

outubro 9, 2019 às 17:56 - Por: Redação OP9

Foto: AL-PB/Divulgação

Foto: AL-PB/Divulgação

A reforma administrativa da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (9). Nela foram extintos 544 cargos da estrutura organizacional da Casa de Epitácio Pessoa. A medida deverá entrar em vigor no prazo de até 90 dias.

De acordo com a publicação, foram extintos 39 cargos de chefe de gabinete, 76 secretários particulares, 117 assessores especiais I, 78 assessores especiais II, 78 assessores técnicos I, 78 assessores gerenciais I e 78 assessores gerenciais II.

Além disso, o número de assessores operacionais para cada unidade administrativa, comissão, frente parlamentar ou colegiado, foi reduzido de dez para oito. O quadro com todos os cargos e da estrutura e os seus respectivos vencimentos também foi publicado no DOE.

A extinção dos 544 cargos tem como objetivo a realocação dos servidores da Casa, com a dinamização e disposição correta da estrutura administrativa e das composições dos gabinetes. “Com a extinção, a finalidade é que permaneça na estrutura e nos gabinetes estritamente o necessário para o pleno funcionamento da Assembleia Legislativa”, destacou o presidente da Casa, Adriano Galdino.

O presidente ressaltou que, de forma inédita, a reforma administrativa vai possibilitar a disponibilização de todo o quadro de servidores, com suas lotações, atribuições e respectivos vencimentos no Portal da Transparência do Poder Legislativo e no Sagres do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB).

Confira a edição do DOE na íntegra: http://www.al.pb.leg.br.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: