O portal do Sistema Opinião

POP9

Paraibano

pb

Acordo entre clubes garante jogos do Paraibano com portões abertos

Times deverão apresentar projeto de prevenção e combate a incêndio e pânico ao Corpo de Bombeiros. Paraibano tem início neste sábado (12)

Janeiro 9, 2019 às 09:02 - Por: Redação OP9

Reunião foi sediada no prédio do Ministério Público. Todos os representantes dos clubes estiveram presentes. Foto: Divulgação/ MPPB

Reunião foi sediada no prédio do Ministério Público. Todos os representantes dos clubes estiveram presentes. Foto: Divulgação/ MPPB

A Comissão de Prevenção e Combate à Violência nos Estádios entrou em acordo com os times paraibanos para a permissão da realização de jogos do Campeonato Paraibano com portões abertos. O campeonato começa neste sábado (12). Na reunião estavam os clubes Atlético, Botafogo, Campinense, CSP, Perilima, Serrano e Treze.

Os sete times se comprometeram a arcar com os custos da elaboração dos projetos de prevenção e combate a incêndio e pânicos nos estádios Almeidão, em João Pessoa, Amigão, em Campina Grande, e Perpetão, em Cajazeiras, que são administrados pelo Estado. Os projetos devem ser elaborados e apresentados ao Corpo de Bombeiros. Conforme o acordo, os clubes estão dispensados de arcar com os custos da taxa cobrada pelo uso dos estádios em cada jogo.

Os prazos para cada apresentação de projeto será até dia 8 de março para o Amigão, 8 de abril para o Perpetão e 8 de maio para o Almeidão. Apenas o Sousa, o Nacional e o Esportes de Patos não arcarão com os custos dos projetos porque as prefeituras de Patos e Sousa, no Sertão paraibano, já apresentaram o plano ao Corpo de Bombeiros dos estádios José Cavalcanti e Marizão. Ambos os estádios já tiveram seus projetos aprovados.

Os clubes que não cumprirem o acordado terão seus próximos jogos com portões fechados e não receberão os recursos do Gol de Placa. O Treze informou que já protocolou desde dezembro, junto ao Corpo de Bombeiros, o projeto de prevenção e combate a incêndio do estádio Presidente Vargas. A importância do acordo é garantir a solução definitiva para a questão dos estádios, já que o principal problema apontado no laudo do Corpo de Bombeiros é a falta dos projetos.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: