O portal do Sistema Opinião

POP9

União

ne

Consórcio do Nordeste é criado em reunião de governadores no MA

Governador do Bahia, Ruy Costa (PT), será o primeiro presidente dessa parceria que tem o objetivo de fortalecer a gestão nos estados nordestinos e gerar redução de despesas

Março 14, 2019 às 17:03 - Por:

Ideia dos governadores é que Consórcio do Nordeste promova redução de custos para todos os associados. Foto: Governo do Maranhão/Instagram

Ideia dos governadores é que Consórcio do Nordeste promova redução de custos para todos os associados. Foto: Governo do Maranhão/Instagram

Os nove governadores nordestinos se reuniram nesta quinta-feira (14) no Maranhão e oficializaram a criação do Consórcio do Nordeste (CN). A primeira presidência será exercida pelo governador da Bahia, Rui Costa (PT), que ficará responsável pela implementação da parceria. Cada mandato terá duração de um ano e será rotativo.

De acordo com o governador Flávio Dino (PCdoB/MA), o consórcio é “uma forma jurídica de parceria entre os estados da região”. A instalação desse trabalho conjunto é considerado histórico e a ideia é que por meio dessa parceria todos os noves estados possam ter ganhos de gestão e economizar recursos públicos, entre outras vantagens.

Leia também:
Estados do NE pretendem unificar compras e integrar profissionais

Por meio do Consórcio, por exemplo, poderão ser feitas compras conjuntas, para reduzir o preço dos produtos ou serviços. Quanto maior o número de itens adquiridos ou serviços contratados, maior será o poder de negociação dos estados para reduzir despesas.

O primeiro presidente, Rui Costa, explicou que o CN será uma grande ferramenta de gestão. “Uma grande ferramenta de projetos, de ideia,de apoios mútuos, como recentemente fizemos com o estado do Ceará. E uma grande ferramenta de redução de custos para os estados”, disse.

Segundo ele, com a implementação do Consórcio, poderão ser feitas licitações em conjunto, reduzindo os custos de diversas áreas. “É uma ferramenta inovadora. Que visa a redução de custos”.

Consórcio do Nordeste tem amparo legal, afirma Flávio Dino

Na coletiva concedida após a reunião com o governadores, o governador Flávio Dino foi perguntado se o Consórcio tinha amparo legal e se a série de medidas discutidas durante a reunião seria exatamente o que o Governo Federal precisa disponibilizar com relação ao Nordeste.

Ele explicou que o CN é amparado por lei federal que trata de consórcios e que a Constituição prevê a organização de consórcios regionais. Segundo ele isso está em andamento também em outras regiões.

Com relação às reivindicações apresentadas, o governador do maranhão explicou que o desejo dos governadores nordestinos é de amplo diálogo. “Nosso desejo é que o Brasil dê certo, que o Brasil avance. O que desejamos é que por meio do Fórum e do Consórcio os estados sejam ouvidos. A nossa esperança é que o governo federal leve em conta as posições que estamos registrando, que vem no sentido de aprimorar as instituições brasileiras”, esclareceu.

Segundo Flávio Dino, do Maranhão, Fórum dos Governadores é contra a cultura do ódio. Foto: Governo do Maranhão/Instagram

Segundo Flávio Dino, do Maranhão, Fórum dos Governadores é contra a cultura do ódio. Foto: Governo do Maranhão/Instagram

Fórum dos Governadores não é “nem a favor nem contra o governo”

Segundo ele, o Fórum não tem posicionamento político-ideológico. “O Fórum como instância política não tem posição nem a favor nem contra o governo. O que nós desejamos é o respeito às federações”, afirmou.

E complementou: “O que desejamos é um país com menos ódio, menos conflito, menos agressão, porque isso não é bom para a democracia, não é bom para a nação. Nós estamos vendo os resultado da cultura do ódio, que vão se espraiando pela sociedade, não só na internet. Somos defensores da cultura da paz e da democracia,. Temos apenas posição diferente com relação a alguns pontos”.

Além de Dino e Costa, também participaram da reunião para criação do Consórcio a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT); e os governadores Camilo Santana (PT/CE), Paulo Câmara (PSB/PE), João Azevedo (PSB/PB), Wellington Dias (PI) e Belivaldo Chagas (PSD/SE). O governador de Alagoas, Renan Filho (MDB), foi representado pelo vice, José Luciano Barbosa da Silva (MDB).

Everton Dantas

Jornalista. Editor do OP9 no RN

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: