O portal do Sistema Opinião

POP9

Automobilismo

in

Marc Márquez vence na Tailândia e soma o oitavo título mundial

Aos 26 anos, o piloto espanhol da Honda é o mais jovem seis vezes campeão da MotoGP, além dos troféus nas 125cc (2010) e na Moto2 (2012)

outubro 6, 2019 às 12:19 - Por: Agência Estado

Marc Marquez, Repsol Honda Team, PTT Thailand Grand Prix - MotoGP/Divulgação

Marc Marquez, Repsol Honda Team, PTT Thailand Grand Prix – MotoGP/Divulgação

Com uma ultrapassagem na última volta sobre o francês Fabio Quartararo, Marc Márquez venceu a etapa da Tailândia de MotoGP, nesta madrugada de domingo, no circuito de Burinam, para conquistar o oitavo título mundial de sua carreira. Aos 26 anos, o piloto espanhol da Honda é o mais jovem seis vezes campeão da principal categoria do motociclismo. Ele soma também um troféu nas 125cc (2010) e outro na Moto2 (2012). Em 15 provas na atual temporada, o “Formiga Atômica” subiu ao pódio em 14, ganhou nove, a terceira consecutiva.

“Eu planejei o fim de semana para ganhar a corrida. Não importava o campeonato ou a minha vantagem sobre Dovi (Andrea Dovizioso, rival da Ducati)”, disse Márquez, que, logo após vencer a corrida, parou a moto na pista para festejar com um grupo de fãs. Uma mesa de bilhar foi colocada para o espanhol embocar uma bola 8, representando suas conquistas.

“O objetivo era tentar encontrar a melhor maneira de vencer a corrida e foi o que eu fiz. Fabio (Quartararo, segundo colocado na prova) foi muito rápido em uma parte da corrida, houve uma diferença no meio da prova, mas eu consegui pegá-lo. Foi um ano incrível, toda a equipe Repsol Honda fez um trabalho incrível”, disse Márquez, sexto colocado na lista dos pilotos com mais títulos mundiais, encabeçada pelo italiano Giacomo Agostini, campeão nos anos 60 e 70 sete vezes nas 350cc e oito nas 500 cc

“Ele (Quartararo) não desistiu, eu não desisti. O ritmo da prova foi incrível, o calor foi incrível. As condições eram muito difíceis para a parte física”, disse Márquez, que sofreu queda nos treinos de sexta, quando chegou a ser levado para o hospital, e de sábado. Largou em terceiro e brigou o tempo todo para superar a Yamaha SRT de Quartararo. “Não posso estar mais feliz. Lutei até a última curva, tentei. Se eu não tentasse ganhar até a última volta, eu não iria para casa feliz”, afirmou o francês, de 20 anos, que faz sua temporada de estreia na MotoGP.

Marc Marquez, Repsol Honda Team, PTT Thailand Grand Prix - MotoGP/Divulgação

Marc Marquez, Repsol Honda Team, PTT Thailand Grand Prix – MotoGP/Divulgação

Dos pilotos em atividade, Márquez só fica atrás do veterano italiano Valentino Rossi, que conquistou nove campeonatos: um nas 125 cc (1997), outro nas 250 cc (1999), mais um nas 500cc (2001) e seis na MotoGP (2002, 2003, 2004, 2005, 2008 e 2009). Aos 40 anos, o “Doutor”, que deverá se despedir das pistas no fim do ano, ficou em oitavo lugar na prova.

Restam quatro etapas para o fim do campeonato: Japão (20 de outubro), Austrália (27 de outubro), Malásia (3 de novembro) e Valência (17 de novembro). Márquez atingiu impressionantes 325 pontos, contra 215 de Dovizioso, quarto colocado na Tailândia, atrás do espanhol Maverick Viñales, da Monster Energy Yamaha.

Viñales é o quarto no Mundial, com 163 pontos, quatro atrás do compatriota Alex Rins, da Suzuki Ecstar. O italiano Danilo Petrucci (Ducati), nono na corrida, soma 162 pontos, em quinto no campeonato, seguido por Rossi, com 145 pontos. Quartararo tem 143.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: