O portal do Sistema Opinião

POP9

Eleições

pb

O balanço dos números

Ibope mostra crescimento de Haddad. Bolsonaro estaciona. Na Paraíba, 2º turno ainda está indefinido

setembro 24, 2018 às 23:11

Petista é agora o único presidenciável que apresenta tendência de alta em toda a série de cinco pesquisas Ibope. Foto: Youtube e Ricardo Stuckert/PT

Petista é agora o único presidenciável que apresenta tendência de alta em toda a série de cinco pesquisas Ibope. Foto: Youtube e Ricardo Stuckert/PT

Não há ação sem reação. Os novos números do Ibope para a corrida presidencial trazem uma novidade. Pela primeira vez, Fernando Haddad/PT passa dos 20 pontos percentuais (saiu de 19% para 22%). Crescimento real frente ao primeiro colocado nas pesquisas, o deputado Jair Bolsonaro/PFL, que, pela primeira vez não oscilou positivamente e manteve a marca dos 28%.

Há diferentes fatores que teriam levado a esse desenho: 1) a transferência de votos de Lula para Haddad; 2) os ataques de Ciro Gomes, Marina Silva e Geraldo Alckmin; 3)  os tropeços da equipe do candidadato do PSL, com declarações impopulares na última semana; 4) a campanha contra ele que ganha força nas redes sociais.

Alckmin cresceu 1% (8% – 9%) . Provavelmente em função da rejeição em torno do deputado federal,  que passou de 42% para 46%. Ciro permaneceu estável (11%). A campanha de Marina desidratou (6%- 5%). A rejeição à candidata caiu 1% (25% – 24%). A de Alckmin estacionou (20%). A de Haddad cresceu (29% – 30%), mas esse crescimento perdeu a aceleração que marcou a última pesquisa. A rejeição ao candidato do PDT, Ciro Gomes, é a menor e está em queda (19% – 18%).

A pesquisa traz novidades ainda num cenário de segundo turno. O Candidato Jair Bolsonaro perde para todos os adversários citados acima e empata com Marina Silva.

* O registro no TSE: BR‐06630/2018.

Na Paraíba
Ibope Paraíba. Fotos: Rafael Reynaux/OP9

Ibope Paraíba. Fotos: Rafael Reynaux/OP9

A 13 dias das eleições, a última pesquisa divulgada pelo Ibope na Paraíba (19.09) mostrou o crescimento de 15 pontos percentuais do candidato João Azevedo/PSB, agora com 32% das intenções de voto do eleitor. O que não chega a ser uma surpresa dado o ritmo da campanha nessa reta final e as estratégias adotadas recentemente.

O candidato vem mirando toda a sua artilharia no adversário do MDB. José  Maranhão, que já liderou as pesquisas, apareceu em segundo. Foi citado por 28% dos 812 eleitores ouvidos entre os 16 e 18 de setembro. Queda de 3 pontos percentuais, ou seja, dentro do limite da margem de erro que é exatamente de 3% para mais ou para menos.

Lucélio cartaxo/PV teve crescimento de 1% atingindo, com isso, 19% da preferência do eleitor pariabano, flutuando dentro da margem de erro.

Os números indicam uma tendência de segundo turno com João Azevedo. Esse tem a vantagem de ser o candidato do governador cuja gestão, de acordo com a mesma pesquisa, teve aprovação de 59% dos eleitores ouvidos.

A disputa do segundo lugar fica entre Maranhão e Lucélio. E não há nada definido ainda. Tanto Lucélio  Cartaxo quanto João Azevedo têm tentado desidratar o Maranhão. Isso pode beneficiar o candidato do Partido Verde que tem uma rejeição de 24% contra 30% do emedebista.

Até o dia 7 há um longo caminho que passa pelos indecisos. É essa parcela do eleitora que pode mudar o jogo em cima do lance.

* Pesquisa registrada no TRE: PB-08654/2018 e no TSE: BR-07454/2018

Rejane Negreiros

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: