O portal do Sistema Opinião

POP9

Política

pb

Ex-supersecretário paraibano dá adeus ao governo Bolsonaro

Atuação do advogado, administrador e especialista em gestão estratégica como adjunto do Ministério do Turismo durou poucos dias

Fevereiro 5, 2019 às 15:19

Paraibano Tárcio Pessoa é exonerado de secretária do Ministério do Turismo. Foto: Francisco França

Não foi um até breve, foi adeus mesmo. Tárcio Pessoa mal chegou e já caiu. Desembarcou do governo Bolsonaro não por vontade, mas a pedido de quem o indicou para a secretaria adjunta do Ministério do Turismo. Julian Lemos (PSL) o colocou e o teria tirado. As razões? Mistério.

O que se sabe é que as metas eram arrojadas demais até para o ex-supersecretário de Planejamento, Orçamento, Gestão e Finanças na gestão de Ricardo Coutinho: “transformar o Brasil na maior economia turística da América Latina, saindo de 2,5% do PIB para 10%”. Declaração do próprio Tárcio que esteve na equipe de transição do governo a convite do próprio Julian. Na época ele chegou a comemorar o resultado do trabalho e a defender a ideia de que “não há solução para o Brasil sem solução para o Nordeste”.

À primeira vista é de se estranhar ver um importante ator do governo socialista de Ricardo Coutinho como peça da máquina do governo de extrema direita de Bolsonaro. Mas de forma crua, é justificável. Tárcio, antes ou agora, lá estava pelo seu perfil técnico. Deixou a secretaria estadual em 2016 porque não concordou com o desmembramento da pasta que coordenava. Deixa agora uma secretaria nacional, muito provavelmente, por incompatibilidade… Talvez não de ideias, mas de prioridades.

Pulga atrás da orelha

A nomeação de Tárcio Pessoa foi tornada sem efeito pelo secretário-executivo da Casa Civil, Abraham Bragança de Vasconcelos. Há quem diga que ele, Tárcio, está de malas prontas para a Câmara Federal, como assessor de Julian Lemos, ou para um outro cargo no Executivo.

Mas há uma outra hipótese: estariam puxando a corda que deram ao deputado federal paraibano? Julian teria espaço demais e por isso estaria incomodando? Mas se Julian é tão grande assim, por que não assumiu a liderança do PSL na CF ou um cargo de relevância no governo? Mistério…

Rejane Negreiros

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: