O portal do Sistema Opinião

POP9

Em crise

pb

E agora, João? João, para onde?

Com a iminente saída do PSB, o governador da Paraíba é sondado por partidos de esquerda e direita

setembro 13, 2019 às 22:23 - Por:

João Azevedo é o candidato do PSB ao governo da Paraíba. Foto: Rafael Reynaux

Não há racha oficial, mas políticos dão como certa a saída de João Azevedo do PSB. Foto: Rafael Reynaux

Política é a arte do diálogo.  Mas nenhum diálogo avança quando os envolvidos não falam  a mesma língua. Caso de João Azevedo e Ricardo Coutinho. A ruptura está posta.

Quando João rejeita  a comissão formada pela executiva nacional e chama o processo de destituição do diretório estadual de antidemocrático, se coloca contra o partido que, primeiro, se colocou contra ele e se dividiu. A permanência  no PSB parece insustentável. Muitos socialistas já encaram a saída dele como certa. Com o perdão do trocadilho: E agora, João? João, para onde?

Entre tantas siglas que se dispõem a receber o governador – de olho no governo, claro – está, o Avante, do deputado Tião Gomes, que costurou a vitória de Adriano Galdino (PSB) para a presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba por dois mandatos seguidos. Tião que já convidou Galdino, que, por sua vez, condicionou a transição ao comando da legenda. Se conseguir, trato feito. Por essa e por outras, o destino de João deve ser outro, no clássico estilo dividir para somar. A não ser que ele pense pequeno e abra mão de se projetar para além das fronteiras paraibanas.

MDB? Difícil. Já tem cacique demais e trono cativo de José Maranhão. Solidariedade? Patriota? Apesar do convite explícito, não creio. O caminho mais provável seria o PDT de Damião e Lígia Feliciano. Com isso, João permaneceria no campo de esquerda que tende a se fortalecer com o desgaste da extrema direita, e ganharia um partido para chamar de seu. Esse movimento pede traquejo. João Azevedo está sendo posto à prova. É chegada a hora de mostrar se o técnico aprendeu a fazer política.

Rejane Negreiros

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: