O portal do Sistema Opinião

POP9

Dinheiro

rn

Salários de julho, agosto e setembro no RN têm datas anunciadas

Pagamentos serão feitos no meio e no final dos meses, em duas faixas salariais, usando dinheiro dos royalties a que o estado têm direito pela exploração de petróleo em seu território

junho 27, 2019 às 20:15 - Por: Everton Dantas

Datas do pagamento dos salários no RN foram anunciadas em reunião com servidores. Foto: Demis Roussos/AssecomRN

Datas do pagamento dos salários no RN foram anunciadas em reunião com servidores. Foto: Demis Roussos/AssecomRN

As datas de pagamento dos salários de julho, agosto e setembro no RN foram anunciada na tarde desta quinta-feira (27), após reunião entre representantes do governo e dos servidores. Os salários de julho serão pagos dias 15 e 31; agosto, 15 e 30; e setembro, 16 e 30.

Os pagamentos seguirão a seguinte ordem: receberão o salário integral na primeira data quem ganha até R$ 3 mil bruto e os servidores da Segurança Pública. Nesses mesmos dias receberão 30% do salário quem ganha acima de R$ 3 mil.

Leia também:
Governo quer pagar salários atrasados no RN até o final do ano

Nas segundas datas de cada mês será pago o restante do salário de quem recebe acima de R$ 3 mil e os 100% dos servidores dos órgãos que têm arrecadação própria como o Idema) e da Educação.

Pelo twitter, a governadora Fátima Bezerra (PT) comentou a reunião. Citou que desde o início da gestão tem negociado com os servidores, sempre mostrando a situação financeira. Lembrou que nesta sexta-feira (28) será pago o 13º salários de 2017.

Ela também disse que ainda não pode negociar aumentos salariais e que a gestão continua buscando recursos extras para quitar os outros atrasados. Mas que sua equipe conseguiu estipular um calendário de pagamento para os próximos meses.

De acordo com o chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves, os próximos três meses serão difíceis, financeiramente falando. “Julho, agosto e setembro são meses de queda na arrecadação, principalmente do Fundo de Participação dos Estados”, explicou.

Ele acrescentou ainda que, dada a baixa na arrecadação, os salários serão pagos dentro do mês com os recursos provenientes dos royalties, os recursos que a Petrobras paga ao estado como compensação por explorar petróleo e gás no Rio Grande do Norte.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: