O portal do Sistema Opinião

POP9

Dinheiro

rn

Salários no RN: Governo garante que pagará dentro do mês de abril

Informação foi divulgada nesta terça-feira (2) em mensagem sobre aumento das dificuldades financeiras, principalmente com relação ao Fundo de Participação dos Estado (FPE)

Abril 2, 2019 às 16:01 - Por:

Aldemir Freire (Planejamento) assegurou que salários no RN serão mantidos em dia. Foto: Sérgio Vilar/Seplan

Aldemir Freire (Planejamento) assegurou que salários no RN serão mantidos em dia. Foto: Sérgio Vilar/Seplan

O governo do estado afirmou nesta terça-feira (2) que vai conseguir pagar os salários do mês de abril dentro do mês. A informação foi dada pelo Executivo em comunicado no qual admite que as dificuldades financeiras aumentaram.

Na mensagem, o governo informa que uma das maiores dificuldades foi a redução no repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE), responsável por aproximadamente 40% da receita total do Rio Grande do Norte.

Leia também:
Salários no RN: pagamento de abril será anunciado quarta-feira
Salários no RN: Governo paga R$ 268,4 mi a 70,4% do funcionalismo
Governo do RN gastou R$ 4,9 bilhões em despesas com pessoal

“Tem sido recorrente essa queda do FPE nos meses de março e abril. Portanto, nos preparamos para enfrentar esse momento com todas as medidas cabíveis e possíveis. Ainda assim, iremos manter esse pagamento em dia de abril com dificuldade porque a situação do Estado ainda é de calamidade financeira”, explicou o secretário de Planejamento, Aldemir Freire

A data dos pagamentos permanece sendo um mistério. O governo informou que os dias serão anunciados na quarta-feira (3), em reunião com representantes dos servidores. O mistério com relação ao dia dos pagamentos tem causado apreensão aos funcionários públicos estaduais.

Ainda segundo o governo, as medidas de redução de gastos que foram implantadas no início do governo também ajudarão o governo a manter os salários em dia. Em dois meses, foram economizados R$ 530 mil, cerca de 133 mil litros. Isso está sendo possível por meio do controle de frota de veículos implantado na gestão atual.

Além disso, na área de contratos da administração direta e indireta, a Controladoria espera economia de R$ 100 milhões em quatro anos (2019-2022).

Everton Dantas

Jornalista. Editor do OP9 no RN

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: