O portal do Sistema Opinião

POP9

Dinheiro

rn

Empréstimos consignados no RN voltam após nove meses de suspensão

Liberação para contratar com Banco do Brasil voltou a ser possíveis após a venda da conta do Estado à instituição, operação que vai render R$ 251 milhões para pagar débitos

setembro 3, 2019 às 16:42 - Por: Everton Dantas

Empréstimos consignados no RN agora dispõem de sistema próprio,. desenvolvido por servidores estaduais. Foto: Sead/GovRN

Empréstimos consignados no RN agora dispõem de sistema próprio,. desenvolvido por servidores estaduais. Foto: Sead/GovRN

Os empréstimos consignados para servidores estaduais no Rio Grande do Norte voltaram a ser possíveis nesta terça-feira (3). Desde dezembro de 2018 esse tipo de operação estava suspensa. Isso porque a administração anterior deixou de repassar os valores para o Banco do Brasil, um débito de R$ 120 milhões.

Com a venda da conta do governo ao Banco do Brasil, os empréstimos consignados no RN puderam ser retomados. Uma diferença para o que havia anteriormente é que agora o sistema é operado pelo governo do estado e foi desenvolvido por servidores da Coordenadoria de Pagamento e da Escola de TI para a Gestão Pública.

Leia também:
Governo do RN vende conta e prevê pacote para pagar 13º e atrasados

O valor máximo da taxa de juros a ser praticada nas operações de crédito consignado para os servidores públicos do Estado do Rio Grande do Norte é 2,01% ao mês, com carência de até seis meses para início de pagamento do empréstimo negociado junto ao Banco do Brasil.

A secretária de Administração do RN, Virgínia Ferreira, disse que o retorno dos empréstimos consignados atende reivindicação dos servidores estaduais. Ela destacou que para atender à demanda, o governo elegeu como prioridade a criação de um sistema próprio.

“Além de valorizar a equipe de servidores estaduais, atestando sua capacidade técnica para criar e operar o sistema, o governo viabiliza recursos extras para investimento em sistemas e equipamentos tecnológicos mais modernos e, consequentemente, na melhoria dos serviços”.

Servidores e pensionistas poderão acompanhar a movimentação de empréstimos já realizados e consultar margem de qualquer lugar, por meio do portal consig.rn.gov.br. O serviço pode ser acessado por computadores de mesa e dispositivos móveis como celulares e tablets.

Secretaria disponibilizou estrutura física e telefones para atender funcionários

A Secretaria de Administração também disponibilizou espaço para atendimento ao público, com equipe que fará o atendimento personalizado de forma presencial e por telefones exclusivos para atendimento: (84) 98127-2944 e 98183-2633.

Só poderão realizar consignações os servidores que dispõem de margem. Margem consignável é a parcela percentual de remuneração do consignado, excluídas as consignações compulsórias, disponível para consignação facultativa.

O comprometimento da margem do salário do servidor do Estado é de no máximo 40%, sendo 10% para operações com cartão de crédito e 30% para as demais consignações. Cabe à Secretaria da Administração a concessão de credenciamento para operar junto ao sistema de consignações.

Para operar as consignações na folha de pagamento, a instituição financeira deve aderir ao sistema de consignados do Estado. Foram estabelecidas faixas de operações de crédito conforme carteira de operações.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: