O portal do Sistema Opinião

POP9

Funcionalismo

rn

Datas para pagamento de julho, agosto e setembro são rejeitadas

Proposta feita pelo governo foi apresentada semana passada e prevê o pagamento dos salários nos dias 15 e 30 de cada mês, primeiramente para quem ganha até R$ 3 mil

julho 2, 2019 às 18:13 - Por: Everton Dantas

Calendário de pagamento rejeitado previa pagamento sobre o salário bruto, um dos motivos de crítica. Foto: marcos Santos/USP Imagens

Calendário de pagamento rejeitado previa pagamento sobre o salário bruto, um dos motivos de crítica. Foto: marcos Santos/USP Imagens

As entidades que compõem o Fórum dos Servidores no Rio Grande do Norte rejeitaram a proposta de pagamento para os meses de julho, agosto e setembro, feita pelo governo do estado. A informação foi repassada pela presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Administração Direta (Sinsp), Janeary Souto.

Segundo ela, a decisão foi tomada em reunião da tarde desta terça-feira (2). E será comunicada oficialmente na quarta-feira ao governo. A sindicalista explicou que no entender das entidades a proposta do governo penaliza os que ganham menos. Também foi definido que dia 13 de agosto, será realizado o “Dia estadual de luta em defesa dos Serviços e dos Servidores Públicos”.

Leia também:
Salários de julho, agosto e setembro no RN têm datas anunciadas

A proposta da administração Fátima Bezerra é pagar primeiro os que ganham até R$ 3 mil, de salário bruto. “A proposta de calendário apresentado penaliza e sacrifica cada vez mais os pequenos, o que ganham menos. Já consideramos um absurdo o governo pagar em cima do bruto. E não em cima do líquido”, argumentou Janeary Souto.

A proposta agora rejeitada pelos servidores foi apresentada dia 27 de junho em reunião que contou inclusive com a participação da governadora Fátima Bezerra (PT).

De acordo com o proposto, os salários de julho serão pagos dias 15 e 31; agosto, 15 e 30; e setembro, 16 e 30. primeiro receberão o salário integral quem ganha até R$ 3 mil bruto e os servidores da Segurança Pública.

Nesses mesmos dias receberão 30% do salário quem ganha acima de R$ 3 mil. Nas segundas datas de cada mês será pago o restante do salário de quem recebe acima de R$ 3 mil e os 100% dos servidores dos órgãos que têm arrecadação própria como o Idema) e da Educação.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: