O portal do Sistema Opinião

POP9

Promessa

ne

Caixa diz que dobrará equipe para analisar empréstimos ao Nordeste

Promessa foi feita pelo presidente do banco, Pedro Guimarães, a parlamentares da bancada nordestina, após cobrança pela menor participação em empréstimos concedidos

agosto 9, 2019 às 13:10 - Por: Mariana Haubert e Camila Turtelli, da Agência Estado

Pedro Guimarães admitiu que recentemente a Caixa aceleração avaliação de empréstimos ao Nordeste. Foto: Marcelo Camargo/ABr

Pedro Guimarães admitiu que recentemente a Caixa aceleração avaliação de empréstimos ao Nordeste. Foto: Marcelo Camargo/ABr

Depois de ser cobrado pela menor participação da Região Nordeste nos empréstimos fechados neste ano para estados e municípios, o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, prometeu a parlamentares da bancada nordestina dobrar a equipe responsável pela análise dos projetos na região.

Além disso ele disse que vai criar um grupo de trabalho para acompanhar as operações. As promessas foram feitas para cerca de dez deputados e seis senadores que se reuniram na sede do banco estatal na última quinta-feira, 8, pela manhã.

Leia também:
“Só está faltando crescer a cabeça”, diz Bolsonaro sobre virar um nordestino
Bolsonaro impõe condição para atender governadores do Nordeste

O encontro foi uma tentativa de Guimarães de apaziguar os ânimos com os nordestinos após reportagem do Estadão ter revelado que a Caixa reduziu a concessão de empréstimos para a região. A reportagem mostrou que, de janeiro a 30 de julho, o banco tinha fechado R$ 89 milhões em operações no Nordeste.

Isso equivale a 2,2% do total para todo o País (R$ 4 bilhões). Em 2018, o Nordeste tinha 21,6% de participação do total. Um ano antes, 18,6%. De acordo com o coordenador da bancada do Nordeste na Câmara, deputado Júlio César (PSD-PI), Guimarães admitiu que, após a reportagem, houve aceleração nas autorizações.

“Pedro se comprometeu a focar na região”, disse o deputado. Até segunda-feira, do total de R$ 4,7 bilhões de operações que o banco fechou, R$ 270 milhões foram para o Nordeste (o correspondente a 6%). Para os prefeitos e governadores do Sul, foram fechados R$ 2,6 bilhões em operações (46% do total).

O Sudeste ficou com 35%; o Centro-Oeste, com 7%; e o Norte, com 6%. De acordo com parlamentares que participaram do café da manhã, Guimarães afirmou que o efetivo do banco que faz a análise dos projetos para a região fará uma força-tarefa também para ajudar os municípios que não conseguem se enquadrar nas regras.

“Quem não faz o dever de casa não pode ser premiado. Mas, nesse caso, o caminho não é punir, é buscar esforços para auxiliar essas prefeituras, porque muitas vezes elas são muito pobres e não têm recursos suficientes para se adequarem”, afirmou o deputado João Roma (PRB-BA).

Em relação às taxas cobradas pelo banco para o repasse de emendas parlamentares, Guimarães sinalizou que vai estudar uma redução, mas não disse de quanto poderia ser. Hoje, a Caixa cobra entre 4% e 12%, dependendo do valor da emenda.

Silvio Costa Filho disse que vai criar grupo para elaborar um conjunto de medidas e ações para ampliar as operações de crédito no Nordeste. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Silvio Costa Filho disse que Caixa vai elaborar medidas visando ampliar as operações. Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Grupo de trabalho será criado para ampliar operações de crédito

O deputado Silvio Costa Filho (PRB-PE) publicou em sua página no Twitter que o banco vai criar ainda um grupo de trabalho para apresentar, nos próximos dias, um conjunto de medidas e ações para ampliar as operações de crédito para o Nordeste.

De acordo com os parlamentares, a conversa foi amena, mas eles fizeram cobranças. Pedro Guimarães também explicou a eles a sua ligação afetiva com a Região Nordeste – sua mulher é baiana. Em um gesto de agrado aos presentes, foram servidos alguns pratos regionais, como cuscuz com ovo, canjica e tapioquinha.

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou na terça-feira, 6, requerimento para ouvir o presidente da Caixa sobre as diretrizes para a concessão de empréstimos para Estados e municípios da Região Nordeste.

Já a Comissão de Finanças e Tributação da Câmara deverá votar na semana que vem um requerimento de convocação de Guimarães para que ele preste explicações sobre os empréstimos. De acordo com o líder do PSB, Tadeu Alencar (PE), há disposição do colegiado para aprovar o requerimento, mas ele deverá ser transformado em convite.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: