O portal do Sistema Opinião

POP9

Decreto

rn

Após rompimento, comitê para monitorar barragens é criado no RN

Grupo de trabalho permanente foi criado pela governadora e prevê a elaboração de mapeamento sobre as condições de segurança dos reservatórios no estado

Maio 2, 2019 às 17:15 - Por: Everton Dantas

Comitê para monitorar barragens no RN tentará evitar incidentes como o que destruiu parta de Rb041. Foto: Foto: Sandro Menezes/AssecomRN

Comitê para monitorar barragens tentará evitar incidentes como o que destruiu trecho da RN-041. Foto: Sandro Menezes/AssecomRN

Após o incidente envolvendo uma barragem particular no Rio Grande do Norte, o governo do estado criou esta semana o Comitê Permanente de Acompanhamento e Monitoramento de Barragens do Rio Grande do Norte (CPAMB/RN). O grupo de trabalho foi criado por decreto publicado nesta quinta-feira (2).

Entre as suas atribuições está a de elaborar um mapeamento sobre as condições de segurança das barragens do Rio Grande do Norte. Dia 20 de abril parte da estrada que liga a cidade de Santana do Matos (a RN-041) teve trecho destruído pela água após o rompimento de uma barragem particular. 

Leia também:
Acesso a Santana do Matos é restabelecido após queda de ponte
Governo vai decretar situação de emergência depois de enxurrada
Chuva destrói ponte e carro é levado pela correnteza no interior
No RN, 245 barragens estão na lista prioritária de fiscalização

Também é atribuição do comitê advertir aos proprietários de barragens privadas sobre os riscos de segurança em torno da construção e recomendar medidas a serem adotadas. Caso necessário, o CPAMB também poderá intervir nos reservatórios particulares com o objetivo de eliminar riscos e danos.

O grupo criado pelo governo terá representantes do Gabinete Civil; da Coordenadora de Defesa Civil; do Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (IGARN); do Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER/RN); e do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA);

Também farão parte do Comitê membros do Corpo de Bombeiros; da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (CAERN); da Procuradoria-Geral do Estado (PGE); e das secretarias de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) e Infraestrutura (SIN).

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: