O portal do Sistema Opinião

POP9

Confusão

br

Votação da reforma da Previdência na CCJ é adiada e fica para terça

Depois de tumultuada reunião, o relator Delegado Marcelo Freitas aceitou avaliar a possibilidade de mudar pontos da proposta

Abril 17, 2019 às 15:48 - Por:

Decisão de adiar votação da reforma da Previdência foi do presidente da CCJ, Felipe Francischini. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Decisão de adiar votação da reforma da Previdência foi do presidente da CCJ, Felipe Francischini. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A votação da reforma da Previdência na CCJ ficou para a terça-feira (23). Depois de uma tumultuada reunião com líderes partidários, o relator Delegado Marcelo Freitas (PSL) ficou de analisar uma possível complementação do seu parecer, que recomendava a aprovação das mudanças no regime de aposentadoria apresentado pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Leia também:
Maioria dos pernambucanos na CCJ é contra a reforma da Previdência

A previsão era que a admissibilidade da proposta fosse votada nesta quarta-feira (17), mas houve confusão e a sessão chegou a ser suspensa pelo presidente do colegiado, Felipe Francischini. Apesar, do adiamento, os quatro pernambucanos que ocupam vaga na comissão já se posicionaram sobre como devem votar.

Os deputados federais Danilo Cabral (PSB), João Campos (PSB) e Renildo Calheiros (PCdoB) argumentam que a reforma é inconstitucional. Já pastor Eurico (Patri) deve votar a favor.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: