O portal do Sistema Opinião

POP9

Polêmica

ne

“Só está faltando crescer a cabeça”, diz Bolsonaro sobre virar um nordestino

O presidente também afirmou, nesta terça-feira (6), ver indícios de que os governadores do Nordeste querem dividir o país

agosto 6, 2019 às 15:49 - Por:

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) voltou a ser alvo de críticas por causa de suas declarações. Dessa vez, o chefe do Executivo Federal disse que falta “crescer um pouco a cabeça” para virar um nordestino. A “brincadeira” ocorreu durante um vídeo do deputado baiano Cláudio Cajado (PP),postado no Instagram na segunda-feira (5).

Nas imagens, o progressista diz que é a segunda vez que Bolsonaro visita a Bahia e pergunta a ele se está virando um “cabra da peste”. Depois, o presidente riu e disse que era uma satisfação estar no Nordeste de novo. Bolsonaro foi ao estado nordestino para inaugurar uma usina nuclear no município de Sobradinho. Na ocasião, o presidente também impôs condições para liberar verbas aos estados da região.

“O que eu quero desses respectivos governadores: não vou negar nada para esses Estados, mas se eles quiserem realmente que isso tudo seja atendido, eles vão ter que falar que estão trabalhando com o presidente Jair Bolsonaro”.

Nesta terça-feira (6), o chefe do executivo afirmou, em entrevista ao Estadão, ver indícios de que os governadores do Nordeste querem dividir o país. Sete dos nove governadores fazem oposição ao governo federal e o grupo se manifestou contrário a projetos como a reforma da Previdência.

Leia também:
Deputados do Nordeste preparam representação contra Bolsonaro
Presidente da OAB aciona STF contra falas de Bolsonaro sobre pai
Ao comentar falas de Bolsonaro, Ministro do STF sugere mordaça para presidente
“É de se estranhar tal comportamento em um cristão”, diz presidente da OAB sobre Bolsonaro
Em crítica, Bolsonaro cita pai de presidente da OAB desaparecido durante a ditadura

Não foi a primeira vez que Bolsonaro fez comentários polêmicos sobre o Nordeste. No dia 19 de julho, ele foi captado por uma equipe da TV Brasil, que faz a transmissão oficial do governo, referindo-se aos gestores como “Paraíbas”.

“Bolsonaro é um preconceituoso contumaz. Ele insiste em ridicularizar, odiosamente, o povo de uma região que é quase um quarto da população brasileira. Fez isso outra vez, ontem na Bahia. É uma figura abjeta e repugnante, que merece toda a nossa reprovação”, criticou o senador Humberto Costa (PT) nas suas redes sociais.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: