O portal do Sistema Opinião

POP9

Avaliação

pe

Paulo Câmara diz que denúncias sobre Moro são graves e pede esclarecimento

Governador de Pernambuco afirmou que o Judiciário deve ser imparcial ao comentar o vazamento de supostas conversas em que o ministro de Justiça e ex-juiz, Sergio Moro, estaria orientando o procurador Deltan Dallagnol nas investigações da Lava Jato

junho 10, 2019 às 17:54 - Por:

Não foi a primeira vez que Paulo Câmara cobra imparcialidade do ex-juiz Sergio Moro. Fotos: Hélia Scheppa/Divulgação

Não foi a primeira vez que Paulo Câmara cobra imparcialidade do ex-juiz Sergio Moro. Fotos: Hélia Scheppa/Divulgação

Após o vazamento de supostas conversas em que o ministro de Justiça e ex-juiz, Sergio Moro, estaria orientando o procurador Deltan Dallagnol nas investigações da Lava Jato, o governador Paulo Câmara (PSB) classificou nesta segunda-feira (10) a denúncia como grave e pediu agilidade no esclarecimento do caso.

Segundo o socialista, espera-se imparcialidade do Poder Judiciário. “As denúncias publicadas ontem pelo site The Intercept são graves e precisam ser esclarecidas com agilidade. O combate à corrupção sempre contará com o nosso irrestrito apoio, esperando do Poder Judiciário amais completa imparcialidade”, escreveu em seu Twitter.

Leia também:
Site divulga supostos diálogos de Moro. PF apura ação de hackers
No Recife, ministro Sergio Moro fala sobre o Pacto Pela Vida. Veja vídeo

Embora não tenha citado o nome de Moro, não é a primeira vez que Paulo Câmara cobra imparcialidade do ex-juiz. No ano passado, ele chegou a assinar uma carta em que repudiou a atuação de Moro no julgamento do ex-presidente Lula (PT).

O documento foi assinado por seis dos nove gestores do Nordeste. Na época, a carta criticou a também divulgação de uma conversa da ex-presidente Dilma com Lula no âmbito das investigações.

Nas eleições de 2018, o governador socialista trabalhou ativamente nos bastidores para trazer o PT para sua base do governo e negociou para que o PSB apoiasse Fernando Hadddad (PT) no segundo turno.

No dia 23 de maio, Moro esteve no Recife para ministrar uma palestra sobre corrupção e foi convidado pelo governador para conhecer o Pacto Pela Vida. Na ocasião, Paulo disse que iria buscar parcerias com Moro na área de segurança pública.

Confira a publicação de Paulo Câmara no Twitter:

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: