O portal do Sistema Opinião

POP9

Proposta

pe

Patrícia Domingos vai a Brasília e pede projeto que impeça remoção de delegados

Ex-titular da Decasp quer que delegados de polícia tenham prerrogativa de inamovibilidade, conforme ocorre na magistratura e promotorias

setembro 5, 2019 às 17:30 - Por:

Patrícia Domingos foi convidada para falar sobre o fim da Decaps, mas aproveitou para pedir aos deputados um projeto que evite a remoção de delegados. Foto: Reprodução/TV Câmara

Patrícia Domingos foi convidada para falar sobre o fim da Decaps, mas aproveitou para pedir aos deputados um projeto que evite a remoção de delegados. Foto: Reprodução/TV Câmara

A delegada Patrícia Domingos esteve na Câmara dos Deputados, em Brasília, e pediu aos deputados federais que eles façam e aprovem um projeto para impedir a remoção de delegados de polícia. A proposta seria semelhante ao que ocorre com promotores e juízes. Eles possuem a prerrogativa da inamovibilidade.

Patrícia Domingos atuou por quatro anos na Delegacia de Crimes contra a Administração e Serviços Públicos (Decasp), mas no ano passado a unidade foi extinta e ela foi transferida para a delegacia de homicídios.

Leia também:
“Estado pode perder recursos federais com o fim da Decasp”, diz deputado
Câmara Federal vai ouvir corregedora da SDS sobre auditoria na Decasp
Delegada da antiga DCASP diz que não foi notificada sobre processo
Delegada da extinta Decasp não descarta disputar eleições no futuro
Aprovada extinção de delegacia temida por empresários e políticos

“A principal sugestão que faço é que seja estudada a aprovação de uma lei orgânica sobre as carreiras policiais, como já existe na magistratura e na promotoria que impediria, inclusive como aconteceu comigo, a remoção. O delegado precisa não pode ser removido ao bel-prazer da administração ivo e sem justificativa”, afirmou durante apresentação na Comissão de Segurança Pública, na quinta-feira (4).

A ex-titular da Decasp foi convidada pelos parlamentares para dar detalhes sobre o fim da unidade, que investigava desvio de verbas públicas e que realizou operações que resultaram na prisão de políticos e empresários.

Também peço que seja fomentada a autonomia financeira e administrativa das Polícias Civis. “Hoje as delegacias são subordinadas ao executivo. Mas, a grosso modo, como vou investigar meu próprio chefe?”, explicou.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: