O portal do Sistema Opinião

POP9

Mobilização

pe

Ocupe Estelita ressurge e pede apoio contra provável demolição

Nas redes sociais, o movimento convocou apoiadores a irem à Câmara do Recife nesta quinta

Março 20, 2019 às 17:43 - Por:

Apartamentos do Projeto Novo Recife já começaram a ser vendidos, apesar de a construção ter sido iniciada. Foto: Reprodução/Google Maps

Apartamentos do Projeto Novo Recife já começaram a ser vendidos, apesar de a construção ter sido iniciada. Foto: Reprodução/Google Maps

Criado há sete anos, o movimento Ocupe Estelita, que ganhou repercussão nacional e internacional ao resistir à construção de 13 torres no Cais José Estelita, área central do Recife, voltou a se movimentar e promete fazer “barulho” a partir desta quinta-feira (21). É que a Câmara dos Vereadores fará, a partir às 9h, a primeira audiência pública sobre o novo Plano Diretor, que na prática define como a cidade deve crescer nos próximos 10 anos.

Nas redes sociais, o Ocupe convocou apoiadores a irem à Casa José Mariano contra uma provável demolição do cais. “A atual revisão do Plano Diretor do Recife, apesar de todos seus problemas, é uma chance concreta de fazer a devida justiça ao Cais José Estelita. É um momento para fazer com que a lei maior da cidade siga o desejo de seus cidadãos e não simplesmente seja manipulada para os interesses de lucro de um punhado de empreendedores”, informou o movimento no Instagram e Facebook.

Convocação foi feita nas redes sociais. Foto: Reprodução/Facebook

A expectativa do movimento é conseguir aprovar mudanças mais rigorosas na lei que define, entre outras coisas, como se darão as construções urbanas na capital pernambucana.

O objetivo final para amenizar ou mesmo reverter a decisão do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5) que considerou lícita a aprovação do Projeto Novo Recife pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano. O Ministério Público Federal recorreu, mas nenhuma nova sentença foi dada. Isso aconteceu há mais de um ano. Por causa disso as discussões haviam esfriado.

Enquanto a queda de braço na Justiça não tem novos capítulos, os apartamentos da Moura Dubeux no Projeto Novo Recife já começaram a ser vendidos. Mirante Norte e Mirante Sul têm apartamentos de luxo com quatro suítes, sala para dois ambientes e varanda gourmet e quatro vagas de garagem cobertas. Segundo o empreendimento, não há previsão para as obras começarem, mas a previsão é que os apartamentos sejam entregues até 2022.

O Plano Diretor regerá a política de planejamento e gestão urbana e ambiental, orientadas para um modelo de desenvolvimento sustentável da cidade, nas dimensões social, econômica, ambiental e cultural. As novas diretrizes serão debatidas em seis audiências pela Comissão Especial do Plano Diretor, presidida pelo vereador Rodrigo Coutinho (Solidariedade).

Relembre

Embora tenha sido criado em 2012, o Ocupe Estelita ganhou holofotes em 2014 ao conseguir impedir a demolição dos armazéns de açúcar do cais promovida pelo Consórcio novo Recife, formado pelas construtoras Moura Dubeux, Queiroz Galvão, G.L Empreendimentos e Ara Empreendimentos.

A área foi arrematada em um leilão em 2008. A compra se tornou polêmica porque terreno teria sido adquirido por um preço inferior ao de mercado em cerca de R$ 10 milhões. Os ativistas foram ao local e ocuparam a área. Na época realizaram diversos eventos dentro do terreno. Ficaram por 58 dias até serem retirados à força pela Polícia Militar.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: