O portal do Sistema Opinião

POP9

Câmara

pe

No Recife, vereador erra o voto e outro pergunta no que está votando

Casos ocorreram nesta semana, durante as sessões na Câmara de Vereadores do Recife

Março 22, 2019 às 16:29 - Por:

Plenário da Câmara de Vereadores do Recife. Foto: Divulgação/Câmara do Recife

Plenário da Câmara de Vereadores do Recife. Foto: Divulgação/Câmara do Recife

A desatenção parece que andou rondando a Câmara do Recife, no bairro da Boa Vista, área central da cidade. Nesta semana, pelo menos duas “trapalhadas” chamaram atenção desta blogueira que vos escreve: um vereador que votou errado e outro que perguntou sobre o que estava votando.

Detalhando…

A sessão na Casa José Mariano seguia seu ritmo comum quando o vereador Renato Antunes (PSC) pediu a palavra ao presidente da Câmara do Recife, Eduardo Marques (PSB). Solicitação aceita, ele registrou que votou errado um parecer e queria mudar o voto.

A matéria tratava da criação do Conselho Municipal de Esportes na capital pernambucana. Renato Antunes disse que se confundiu e votou a favor da instalação do fórum quando na verdade ele queria votar contra. Para ele, não é necessário criar um novo conselho para discutir a temática.

“Se vossa excelência me permite, não sei se o regimento permite, mas eu passei batido na segunda discussão do parecer nº 63 e nº 40 que diz aprovo o Projeto 25 de autoria do chefe de Poder Executivo sobre a criação do conselho municipal de esportes. Na primeira discussão, votei contra e pedi votação nominal, mas eu não ia pedir votação nominal para registrar meu voto contrário uma vez que já falei ontem que não sou de acordo com a criação. Agora votei a favor”, contou em tom de brincadeira.

O presidente da Casa José Mariano, por sua vez, respondeu com graça: “Infelizmente não posso fazer nada. Fica para próxima”. O regimento interno da Casa não permite a mudança de voto.

Distraído número dois:

Já na sessão da terça-feira (19), em meio à votação de um projeto o vereador João da Costa (PT) soltou:

– Presidente, eu estava conversando aqui com o vereador Ivan Moraes e não prestei atenção sobre o que estava sendo votado”, disse esperando a reposta para poder votar. Bem, pelo menos ele perguntou antes de votar.

Sem dúvida errar é humano. É fato que todos estão suscetíveis a cometerem equívocos. Mas quem é figura pública deve ter atenção redobrada. Trágico e longe de ser cômico.

Confira no vídeo:

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: