O portal do Sistema Opinião

POP9

Defesa

pe

“Não me considero um réu político”, diz Carreras em desabafo no Instagram

O deputado federal comentou o processo a que responde no Conselho de Ética do PSB por ter votado a favor da reforma da Previdência

julho 16, 2019 às 16:57 - Por:

No Instagram, Felipe Carreras também disse que não ia devolver "as agressões públicas" feitas pelo dirigente do PSB, após aprovação da reforma da Previdência. Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados

No Instagram, Felipe Carreras também disse que não ia devolver “as agressões públicas” feitas pelo dirigente do PSB, após aprovação da reforma da Previdência. Foto: Antonio Augusto/Câmara dos Deputados

Um dia após ser alvo de um processo no Conselho de Ética do PSB por ter votado a favor da reforma da Previdência, o deputado federal Felipe Carreras disse nesta terça-feira (16) que não se sente um réu político porque agiu de acordo com suas convicções. Carreras e outros dez socialistas divergiram da orientação do partido e podem sofrer punições que podem ir de advertência à expulsão.

“Não há reforma perfeita. Independente da versão, todos vamos precisar abrir mão de algo. Porém, temos agora uma reforma que vai garantir o futuro de várias gerações. É impossível agradar num voto a todos. Votei por convicção”, afirmou o parlamentar em publicação no Instagram.

Leia também:
PSB abre processo contra Felipe Carreras por votar pela reforma da Previdência
Maioria dos deputados pernambucanos votou pela reforma da Previdência. Veja

Após agradecer o apoio de socialistas que o defenderam, Carreras disse que não iria “devolver as agressões públicas deferidas pelo dirigente do meu partido”, Carlos Siqueira.

Horas após a aprovação da proposta de mudanças no regime de aposentadoria na Câmara Federal, em Brasília, Carlos Siqueira fez críticas ao legislador e chegou a defender o pedido de ressarcimento” dos valores repassados pelo partido à campanha de Carreras. O valor gira em torno de R$ 1 milhão.

Movimentos dentro da agremiação socialista buscaram, no entanto, acalmar os ânimos para impedir uma eventual saída de Carreras. Isso porque uma expulsão pode representar um risco à sigla. É que ele já externou o desejo de disputar a Prefeitura do Recife em 2020 contra uma possível candidatura do deputado federal João Campos (PSB). Os dois tem bases eleitorais semelhantes e alguns partidos já sinalizam ao projeto de Carreiras.

Além disso, os “conciliadores” sublinham que perder 11 cadeiras na Casa não seria bom para o partido, que fez 32 deputados nas eleições de 2018.

Confira a publicação de Felipe Carreras no Instagram:

View this post on Instagram

Há momento de ouvir. Agora chegou o de falar. Não me considero um réu político por votar de acordo com as minhas convicções e da maioria dos eleitores que me confiaram o voto. Não há um brasileiro em sã consciência que não acredite ser importante uma reforma na previdência. Inclusive os partidos de esquerda! Eu sempre falei que não votaria pela a aprovação do texto original. A Câmara, sob liderança do Presidente @rodrigomaiarj, mudou pontos importantes: BPC, trabalhador rural, desconstitucionalização, capitalização, etc. Atendidas essas exigências, não tinha como não votar. Não há reforma perfeita. Independente da versão, todos vamos precisar abrir mão de algo. Porém, temos agora uma reforma que vai garantir o futuro de várias gerações. É impossível agradar num voto a todos. Votei por convicção. Quero aqui agradecer os gestos de solidariedade dos meus amigos, dos colegas do PSB de longas datas. Aliás, meu único partido, há 23 anos. Obg @paulocamara40 @Geraldojulio40, aos deputados federais @JoaoCampos e @danilocabral., os deputados estaduais @isaltino.nascimento, Francismar, @lucasramospe, @sivaldoalbino, @simonesantanape, @diogomoraespsb, @aluisiolessaoficial, @clodoaldomagalhaes, Adalto Santos, @aglailson_victor, @waldemar_borges e a vários outros amigos, entre eles o ex-secretário @sergio_xavier, que nos apoiaram neste momento, meu muito obrigado. Não posso deixar de agradecer também aos colegas de outras siglas como @andredepaula55, @raulhenryoficial, @fbezerracoelho, @wandersonflorencio1, @dep_albertofeitosa, @danielcoelho23, @silviocostafilho, @sebastiaooliveira22 @brunoaraujo456, e @augustocoutinhope que sempre me trataram com cordialidade e solidariedade. Por fim, gostaria de dizer que não vou aqui devolver as agressões públicas deferidas pelo dirigente do meu partido. A ele, falei em seus olhos a minha decisão, um dia antes da votação. Tenho equilíbrio e respeito pelos colegas de partido que pensam diferente de mim. Não vou adjetivar ninguém. Todos possuem suas convicções. Sigo de cabeça erguida e focado em trabalhar por um Brasil melhor. Mais justo, mais tolerante. Menos desigual. Contem comigo sempre!!

A post shared by FELIPE CARRERAS (@felipecarreras) on

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: