O portal do Sistema Opinião

POP9

CUSTÓDIA

pe

MPPE investiga construção de parque orçado em R$ 1,6 milhão

O promotor de Justiça Wítalo Rodrigo de Lemos Vasconcelos apura se houve suposto desvio de recursos públicos na obra iniciada no ano passado

setembro 18, 2019 às 17:30 - Por:

O Ministério Púbico de Pernambuco (MPPE) vai investigar um suposto desvio de recursos públicos na construção do Parque Dona Nita, uma área de lazer em Custódia, no Sertão do estado, orçada em R$ 1,6 milhão. O inquérito foi instaurado pelo promotor de Justiça Wítalo Rodrigo de Lemos Vasconcelos, após uma denúncia de vereadores.

Os legisladores relataram que os veículos que são usados na obra não pertenceriam à empresa vencedora da licitação, o que poderia indicar que teriam sido contratados pela prefeitura de maneira direta. Segundo os vereadores, o contrato não prevê a sublocação de veículos para execução do serviço. As obras foram iniciadas em julho do ano passado.

Leia também:
MPPE: contrato da Prefeitura de Exu com suposta empresa fantasma no radar
MPPE pede que prefeitura rescinda contrato milionário com advogados
MPPE investiga contratos da Prefeitura de Bezerros com irmão de vereador

De acordo com o site Tome Conta, do Tribunal de Contas de Pernambuco, o contrato vale até dezembro deste ano. A empresa responsável pela obra tem 32 contratos com o governo municipal de Custódia e possui capital social de R$ 300 mil.

O Parque Dona Nita é uma obra muito esperada pela população do município. Estão previstos um centro administrativo, canal de águas pluviais, praça do idoso, praça da infância, playground, pátio de eventos, biblioteca e outras áreas. O espaço recebeu o nome de uma antiga professora e moradora da cidade.

O blog ligou para a prefeitura e mandou email, mas não conseguiu contato. O espaço está aberto para posicionamentos da prefeitura.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: