O portal do Sistema Opinião

POP9

Programa

pe

Governadores do NE vão lançar projeto para interligar região por fibra óptica

Programa será detalhado e apresentado nas próximas reuniões dos governadores da região. O próximo encontro será em Teresina, no Piauí

julho 29, 2019 às 19:43 - Por:

Programa Nordeste Conectado foi inserido no planejamento de ações do Consórcio Nordeste, após reunião dos governadores nesta segunda-feira (29). Foto: Fernando Vivas/GovBA

Programa Nordeste Conectado foi inserido no planejamento de ações do Consórcio Nordeste, após reunião dos governadores nesta segunda-feira (29). Foto: Fernando Vivas/GovBA

Os governadores do Nordeste querem interligar a região por meio de fibra óptica. A medida, que melhoria a conexão da internet para a população, é uma das ações previstas no planejamento do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), lançado nesta segunda-feira (29), em Salvador, na Bahia.

Leia também:
Assista: governadores anunciam medidas do Consórcio do Nordeste
Governadores lançam cronograma de ações do Consórcio Nordeste

Chamado de Nordeste Conectado, o projeto permite a transmissão de dados da banda larga mais rápida porque é feita na mesma velocidade que a luz. De acordo com o presidente do consórcio e governador da Bahia Rui Costa (PT), a ideia é integrar conectividade, internet banda larga, serviços tecnológicos mais sofisticados e compartilhamento de dados.

“Esse projeto será detalhado e apresentado de forma mais concreta nos encontros posteriores”, acrescentou o gestor. A próxima reunião dos governadores nordestinos ocorrerá em Teresina, no Piauí, com data a ser definida.

Atualmente um programa semelhante é realizado por meio de uma parceria entre o Ministério da Educação, Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e Ministério de Minas e Energia.

Além de iniciar as discussões sobre o Nordeste Conectado, os governadores anunciaram a criação de uma central única de compras, inicialmente nas áreas da saúde, educação e segurança pública. Por ela, será possível realizar licitações de grande porte entre os estados para a compra de materiais, o que reduzirá custos.

Na ocasião também foi assinada uma carta de intenções em que constam a elaboração de estudos para criação de um fundo de investimentos, o pedido à União por recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública e o apoio ao programa chamado Médicos pelo Brasil, que busca aumentar a oferta de profissionais e deverá ser lançado em breve pelo governo federal.

“Queremos mostrar ao país a região que dá certo, que trabalha muito, que se desenvolve e gera empregos. É isso que o consórcio representa, uma reunião muito importante e essa cooperação entre os nove estados é em favor do Brasil”, afirmou o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB).

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: