O portal do Sistema Opinião

POP9

Prisão

br

Ex-presidente Michel Temer se entrega à Polícia Federal

Emedebista tinha até as 17h para se apresentar à autoridade policial, prazo dado pela juíza Caroline Vieira Figueiredo, da 7ª Vara Criminal

Maio 9, 2019 às 15:08 - Por:

Michel Temer. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Michel Temer. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Menos de dois meses após sair da prisão, o ex-presidente Michel Temer (MDB) se entregou na tarde desta quinta-feira (9) à Superintendência da Polícia Federal em São Paulo. Ele chegou ao órgão em um carro com vidros escuros. O emedebista tinha até as 17h para se apresentar à autoridade policial, prazo dado pela juíza Caroline Vieira Figueiredo, da 7ª Vara Criminal.

Os advogados pediram que o ex-presidente fique em uma sala especial no Quartel General da Polícia Militar de São Paulo. A solicitação será analisada pela Justiça. A defesa também apresentou um novo habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Temer saiu de sua residência, no bairro da Lapa, por volta das 14h40. Ele estava acompanhado do advogado Eduardo Carnelós. O coronel João Baptista Lima Filho também se apresentou à PF.

Leia mais
TRF-2ª determina volta de Michel Temer e de Coronel Lima à prisão
Defesa de Temer diz “desconhecer os termos de pedido de prisão”
Justiça aceita denúncia contra Temer, Padilha e Moreira Franco

A liminar que mantinha Temer livre foi derrubada pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2)  na noite desta quarta-feira, 8, por 2 votos a 1.

Temer e João Baptista Lima foram presos em 21 de março, durante a Operação Descontaminação, por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, e foram libertados no dia 25 do mesmo mês por decisão liminar (provisória) do desembargador Antonio Ivan Athié, do TRF-2.

A investigação diz respeito às obras da usina nuclear de Angra 3, operada pela Eletronuclear, em que teria havido desvios de R$ 1,8 bilhão. A acusação é pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: