O portal do Sistema Opinião

POP9

Investimento

pe

Estradas da RMR e do interior do estado serão reformadas. Veja quais

Obras deverão durar até 2022 e terão investimento de R$ 505 milhões, de acordo com o governo do estado

Maio 20, 2019 às 16:18 - Por:

A BR-232, no trecho que liga Recife a Caruaru, será a primeira a receber as obras de reforma. Foto: Heudes Regis/SEI

A BR-232, no trecho que liga Recife a Caruaru, será a primeira a receber as obras de reforma. Foto: Heudes Regis/SEI

A trinta e três dias do São João, a BR-232, no trecho que liga o Recife ao município de Caruaru, localizado no Agreste e um dos principais polos de festa do estado, passará por uma restauração. O reparo foi anunciado nesta segunda-feira (20) pelo governador Paulo Câmara (PSB), que assegurou um investimento de R$ 505 milhões para obras nas estradas de Pernambuco até 2022.

Entre as beneficiadas, as rodovias que cortam a Região Metropolitana do Recife e cidades do interior do estado, como Carpina, Ribeirão, Altinho, Floresta, Garanhuns, Salgueiro e Petrolina. O serviço inclui a recuperação do asfalto, capinação, drenagem e sinalização.

De acordo com secretária estadual de Infraestrutura e Recursos Hídricos, Fernandha Batista, as obras na BR-232 começaram já nesta segunda, com o trabalho de 200 profissionais. A requalificação deverá durar cerca de dois anos.

Segundo ela, a via foi escolhida como prioritária porque já existe um plano de restauro pronto para a BR-232. Na próxima semana, os serviços começarão na PE-15 e na região de Salgueiro, a exemplo da PE-116 e PE-460.

No dia 03 de junho, a previsão é que comecem os trabalhos nas vias que cortam as regionais de Garanhuns e de Petrolina, como a PE-243, PE-700 e PE-574. No dia 10 de junho, na terceira e na quarta regionais, que contemplam Caruaru e a rodovia que liga Agrestina à cidade de Altinho, além da região de Ribeirão.

“E na última etapa dessa mobilização, estaremos na região de Carpina e Sertânia, que têm a maior malha viária em termos de extensão territorial, contemplando localidades importantes, como a rota Floresta – Serra Talhada”, afirmou a secretária.

A meta, de acordo com o governo, é concluir a recuperação de quase 2 mil quilômetros de estradas no primeiro ano do programa.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: