O portal do Sistema Opinião

POP9

Camaragibe

pe

Draco investiga novo áudio em que prefeito negocia dinheiro e cargos

Gravação teria sido feita com vereadores de Camaragibe para que eles ajudassem a anular uma eleição na Câmara Municipal

Abril 3, 2019 às 16:49 - Por:

Prefeito Demóstenes Meira aparece em um novo áudio polêmico. Foto: Reprodução/Facebook

Prefeito Demóstenes Meira aparece em um novo áudio polêmico. Foto: Reprodução/Facebook

Alvo de dezenas de inquéritos, o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira, é investigado em mais uma possível irregularidade. O Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco) apura uma suposta negociação em que o gestor promete dinheiro e cargos públicos para que vereadores anulem duas eleições na Câmara Municipal. O acordo teria sido gravado em um áudio com dois legisladores que circula na internet.

Na gravação, Meira diz que uma das votações, que definiu a mesa diretora para o biênio de 2019 e 2020, é preocupante e afirma que ele vai entrar com pedido para anular a escolha, ocorrida em maio de 2018. Em seguida, ele se corrige afirmando que são os vereadores aliados que darão entrada no requerimento e pergunta a um vereador aliado se ele topa jogar com ele ou contra ele.

Leia também:
Secretário de Camaragibe afastado em operação contra corrupção
Camaragibe: Meira se envolve em polêmica por pedido a comissionados
Camaragibe: vereadores recuam e aprovam pedido de impeachment
Justiça manda prefeito de Camaragibe recompor profissionais exonerados
Camaragibe: verba pública custeia viagens de prefeito e noiva a SP

“Só tem uma pessoa que eu não quero presidente da Câmara. Se chama Antônio de Oliveira Borba, o Toninho. Esse cara eu não quero presidente nunca”, afirmou o prefeito. Ainda no áudio um outro parlamentar interrompe e diz que se um outro cortejado pelo grupo não quiser se indispor, que deixe o processo andar e fique quieto.

“Para gente está tudo certo. A gente vai resolver e o espaço dele ele vai ter. E o senhor vai cumprir porque eu tenho confiança. Se não cumprir tire os meus (cargos) e dê a ele”, acrescenta o vereador. Meira responde que vai cumprir e pede para ele ficar tranquilo.

No fim do áudio o prefeito combina de se encontrar na prefeitura com os vereadores. “Segunda-feira, às 11h, eu dou o dinheiro. Assim que abrir. Está fechado?” questiona Meira que é avisado logo em seguida: “Escute, não leve dinheiro para a prefeitura. A gente alinha lá e depois vai buscar e a gente resolve”, alerta o aliado do prefeito.

O blog procurou a assessoria de imprensa do prefeito Demóstenes Meira, mas foi informado que não seria divulgada nenhuma nota sobre os áudios.

Relembrando…

Toninho é autor do pedido de impeachment contra Meira aberto na Câmara de Camaragibe. No mês passado ele disse estar sendo ameaçado de morte.  No último dia 26, a Polícia Civil de Pernambuco deflagrou a Operação Hárpalo para apurar um esquema de corrupção que teria desviado R$ 30 milhões dos cofres do município.

Meira e outros 19 agentes públicos são investigados.  Demóstenes teira cometido os crimes de organização criminosa, fraude à licitação, peculato e lavagem de dinheiro. Por conta dos indícios da prática criminosa, a polícia chegou a solicitar à Justiça a prisão e o afastamento do prefeito, mas o pedido foi negado pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE).

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: