O portal do Sistema Opinião

POP9

Licitação

ne

Dezessete empresas querem explorar petróleo em Pernambuco, Paraíba e Bahia

Do total de inscritas, quinze são estrangeiras, sendo que uma delas não tem nenhum contrato para explorar e produzir no país

setembro 17, 2019 às 15:48 - Por:

Os blocos ofertados, que inclui ainda as bacias do Jacuípe, Camamu-Almada, Campos e Santos, somam uma área de 29,3 mil quilômetros quadrados. Foto: Reprodução/ANP/Arquivo

Os blocos ofertados, que inclui ainda as bacias do Jacuípe, Camamu-Almada, Campos e Santos, somam uma área de 29,3 mil quilômetros quadrados. Foto: Reprodução/ANP/Arquivo

Dezessete empresas vão disputar um leilão da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para explorar petróleo em bacias sedimentares marítimas localizadas em estados como Pernambuco, Paraíba e Bahia.

Das companhias inscritas, quinze são estrangeiras e apenas uma não tem contrato para explorar e produzir o produto no Brasil. A disputa está prevista para ocorrer no dia 10 de outubro.

De acordo com a ANP, as empresas atenderam aos requisitos previstos no edital e só poderão apresentar ofertas para os blocos localizados nos setores em que pagaram taxas de participação e tenham aportado garantia de oferta.

Leia também:
Petrobras divulga alerta de teaser para vender Refinaria Abreu e Lima
Homologado acordo que prevê venda da Refinaria Abreu e Lima

Os blocos de pós-sal ofertados na 16ª rodada de licitação, que inclui ainda as bacias do Jacuípe, Camamu-Almada, no litoral da Bahia, Campos, no Rio de Janeiro, e Santos, em São Paulo, somam uma área de 29,3 mil quilômetros quadrados.

As companhias inscritas para o leilão são BP Energy do Brasil, Chevron Brasil Óleo e Gás, Cnooc Petroleum Brasil, Ecopetrol Óleo e Gás do Brasil., Equinor Brasil Energia, Exxonmobil Exploração Brasil, Karoon Petróleo & Gás, Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras, QPI Brasil Petróleo, Repsol Exploração Brasil, Shell Brasil Petróleo, Total E&P do Brasil, Enauta Energia, Murphy Exploration& Production Company, Petrogal Brasil, Petronas Petróleo Brasil e Wintershall Dea do Brasil E&P.

Com informações da Agência Brasil

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: