O portal do Sistema Opinião

POP9

Avaliação

pe

Deputado defende Renata Campos para vaga de conselheira do TCE

Romero Albuquerque (PP) disse que a ex-primeira dama do estado reúne as condições para ocupar o cargo aberto após a morte do conselheiro João Campos, primo de Eduardo Campos

junho 26, 2019 às 14:43 - Por:

Renata Campos é auditora do TCE desde a década de 1990. Foto: Reprodução/Facebook@paulocamara

Renata Campos é auditora do TCE desde a década de 1990. Foto: Reprodução/[email protected]

O deputado estadual Romero Albuquerque (PP) defendeu que a viúva do ex-governador Eduardo Campos, Renata Campos, ocupe a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE), aberta após a morte de João Campos no sábado (22). A escolha será feita por livre indicação do governador Paulo Câmara (PSB), com aprovação de maioria absoluta da Assembleia Legislativa de Pernambuco.

De acordo com Romero Albuquerque, a ex-primeira dama do estado reúne as condições ideais para ocupar o cargo. Renata Campos é auditora de controle externo do TCE desde a década de 1990.

“(Ela) conhece bem a dinâmica do Tribunal, sobretudo por ser um quadro interno do TCE. Tem experiência no poder público ao tocar projetos na época de Eduardo Campos, tem bom trânsito político e terá estatura para exercer a função”, disse o parlamentar.

O conselheiro do TCE João Henrique Carneiro Campos, que é primo de Eduardo Campos, morreu em Gravatá, no Agreste de Pernambuco, após ter um ataque cardíaco. Com o falecimento, as movimentações em torno da vaga já começaram. Um conselheiro do órgão tem subsídio de R$35 mil. Já um auditor, cargo de Renata Campos, recebe R$32 mil.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: