O portal do Sistema Opinião

POP9

Ironia

ne

Damares vira cidadã de Sergipe e provoca opositores: “Aceitem que doí menos”

Ministra, que foi chamada de “filha ilustre” por deputados conservadores, recebeu a homenagem nesta quinta-feira (2) em tumultuada sessão na Assembleia Legislativa de Sergipe

Maio 2, 2019 às 15:57 - Por:

Damares Alves disse que iria representar Sergipe durante seu trabalho. Foto: Divulgação/Alese

Damares Alves disse que iria representar Sergipe durante seu trabalho. Foto: Divulgação/Alese

Condecorada com os títulos de cidadã aracajuana e sergipana em uma tumultuada sessão na Assembleia Legislativa de Sergipe, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, resolveu provocar opositores. Em meio a gritos de protestos contrários a entrega da honraria, a ministra disparou:

“Isso faz parte da beleza da democracia, os lados opostos. A alternância dos poderes faz parte da democracia. Estamos no poder hoje. Aceitem que dói menos”, afirmou Damares que é natural do Paraná, mas morou com família em Sergipe, Bahia e Alagoas.

Leia também:
Deputada diz que se inspira em Damares para exercer mandato

Chamada de filha ilustre por deputados conservadores, ela disse que promete representar o estado com orgulho. “Agora sou sergipana e aracajuana de fato e de direito. Nada vai tirar minha alegria neste dia tão especial”.

O autor do requerimento que concedeu o título de sergipana à Damares foi o ex-deputado Antônio dos Santos. Já o título de aracajuana foi uma indicação do vereador Noberto Alves (PRB), que também alfinetou os manifestantes.

“Pessoas mal educadas não vão tirar o brilho desta homenagem. A senhora iniciou uma trajetória de luta nas ruas de Aracaju e nunca negou este legado. Isso é motivo de honra para nós, sergipanos e aracajuanos. Quem é família, respeita e ama”, disse.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: