O portal do Sistema Opinião

POP9

Levantamento

pe

Contratação de ex-detentos gera economia de R$ 7,9 milhões ao governo

Valor foi calculado pela Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), que analisou contratos com 883 reeducandos em 18 organizações

setembro 26, 2019 às 15:52 - Por:

Ex-detentos atuam em atividades como auxiliar de serviços gerais, limpeza urbana, agente administrativo, manutenção e paisagismo. Foto: Ray Evllyn/ SJDH

Ex-detentos atuam em atividades como auxiliar de serviços gerais, limpeza urbana, agente administrativo, manutenção e paisagismo. Foto: Ray Evllyn/ SJDH

A contratação de ex-detentos no governo do Pernambuco e em prefeituras no estado gerou uma economia de R$ 7,9 milhões aos cofres públicos. Foi o que apontou um levantamento da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) que analisou os contratos com 883 reeducandos em 18 organizações.

Eles ganham um salário mínimo (R$ 998) para atuar em atividades como auxiliar de serviços gerais, limpeza urbana, agente administrativo, manutenção e paisagismo.

De acordo com a pasta, ao reservar vagas para os egressos do sistema prisional, as instituições economizam na contratação de colaboradores terceirizados. As vagas destinadas a eles são limitadas em 10% do total de empregados.

Segundo a secretaria, a maior vantagem é permitir que os reeducandos retornem ao mercado de trabalho longe do crime e diminuir a reincidência criminal. A expectativa é a economia chegue a R$ 10 milhões até o fim do ano.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: