O portal do Sistema Opinião

POP9

Investigação

pe

Câmara denuncia prefeito de Palmares por falhas em repasses à Liga Desportiva

Segundo a CPI dos Esportes no legislativo municipal, entre as irregularidades suspeitas está a compra de materiais no valor total de R$ 200 mil. A aquisição teria sido feita a uma empresa com sede de Água Preta via com emissão de nota fiscal de balcão

julho 18, 2019 às 15:45 - Por:

O prefeito Altair Bezerra Júnior disse ter sido vitima de uma arbitrariedade. Foto: Reprodução/Facebook

O prefeito Altair Bezerra Júnior disse ter sido vitima de uma arbitrariedade. Foto: Reprodução/Facebook

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Esportes da Câmara de Palmares, na Mata Sul de Pernambuco, denunciou nesta quinta-feira (18) aos órgãos de controle público o prefeito Altair Bezerra da Silva Junior por supostas irregularidades em contratos e repasses de recursos a Liga Desportiva dos Palmares, vinculada à Federação Pernambucana de Esportes.

Em 120 dias de trabalho, o colegiado identificou supostas falhas, como duplicidade de recursos destinados à realização de eventos e pagamentos em cheques nominais descontados diretamente na agência bancária, contrariando a legislação que determina a transferência eletrônica.

Leia também:
Após decisão judicial, prefeito de Palmares retorna ao cargo
Vereadores abrem processo de impeachment contra prefeito

Também foi constatada uma compra suspeita de materiais no valor total de R$ 200 mil entre os anos de 2017 e 2018. A compra teria sido feita a uma empresa com sede de Água Preta via com emissão de nota fiscal de balcão.

Segundo a comissão, o representante do estabelecimento foi ouvido, mas afirmou que a venda teria sido de apenas R$ 40 mil, recebidos em dinheiro. De acordo com os vereadores, a diferença entre o valor comprado e o faturado teria sido feito a pedido para, supostamente, fraudar a prestação de contas.

Os documentos com as supostas ilegalidades foram entregues ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Tribunal de Contas do Estado (TCE) e Procuradoria Geral do Estado. A papelada também foi repassada à presidência da Câmara para que seja aberto um processo de cassação do prefeito.

Além do prefeito, são investigados, o secretário de Finanças, Dgerson Clécio Pessoa de Melo; o diretor de Esportes Flávio Alexandre Pinheiro; o presidente da Liga Desportiva dos Palmares, José Alberto Passos da Silva, e os comerciantes. Eles são investigados por suspeita de peculato, prevaricação, fraude, falsificação ideológica, associação criminosa e improbidade administrativa, caracterizados nas irregularidades e ilicitudes.

Em março deste ano, o prefeito Altair Bezerra conseguiu conseguiu uma liminar da Justiça para retornar ao cargo. Ele havia sido afastado da função por decisão dos legisladores, que pediam seu impeachment. Na época, a decisão foi tomada porque o gestor teria ignorado pedidos de informação para apuração de supostas irregularidades no pagamento de empréstimos consignados da prefeitura.

O blog não conseguiu contato com o prefeito, mas está aberto para um posicionamento do gestor.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: