O portal do Sistema Opinião

POP9

Previdência

ne

Após conversa com governadores do Nordeste, Maia diz que acordo é incerto

Gestores querem que estados e municípios sejam mantidos na reforma da Previdência, mas para isso o governo pede apoio dos gestores à proposta

junho 26, 2019 às 15:18 - Por:

Rodrigo Maia condiciona manutenção a apoio dos governadores à reforma da Previdência. Foto: J.Batista/Câmara dos Deputados

Rodrigo Maia condiciona manutenção a apoio dos governadores à reforma da Previdência. Foto: J.Batista/Câmara dos Deputados

Após se reunir com governadores do Nordeste, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), disse que o acordo para manter estados e municípios na reforma da Previdência ainda não é incerto. Eles tentam encontrar um denominador comum que atenda aos interesses de ambos os lados.

Maia afirmou ainda que irá se reunir com líderes governistas para posteriormente retomar o contato com os getores no Nordeste, que se posicionam contrários a pontos polêmicos da proposta, como o regime de capitalização e a questão da aposentadoria do trabalhador rural. O governo, por outro lado, espera que os governadores convençam seus deputados a votarem a favor do texto.

Leia também:
“Uma torre de Babel”, preveem deputados sobre retirada de estados e municípios da reforma
Maia diz que estados e municípios ficarão fora da reforma e pressiona governadores do NE 
Bolsonaro defende aprovação da Previdência a mais recursos ao NE

“Governadores colocaram o que era relevante para eles, eu coloquei aquilo que pode ser construído, vou conversar com os líderes depois do almoço, depois volto a conversar com os governadores e vejo se encontro um denominador comum”, disse o presidente.

Caso a negociação não seja fechada, estados e municípios terão que apresentar seus novos regimes de aposentadoria em até dois anos após aprovação da proposta.

Com informações da Câmara dos Deputados

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: