O portal do Sistema Opinião

POP9

Olinda

pe

Agentes de trânsito podem ganhar gratificação por multas aplicadas

Polêmico, o projeto da Prefeitura de Olinda pretende destinar até 5% do total de infrações arrecadadas no ano anterior ao pagamento dos agentes

Abril 24, 2019 às 15:36 - Por:

Gratificação a agentes de trânsito de Olinda equivalerá a 5% do total de multas aplicadas. Foto: Reprodução/Facebook@prefeituradeOlinda

Gratificação a agentes de trânsito de Olinda equivalerá a 5% do total de multas aplicadas. Foto: Reprodução/[email protected]

Os agentes de trânsito de Olinda podem ganhar uma gratificação especial a partir das multas que aplicarem. É o que prevê um projeto da prefeitura publicado nesta quarta-feira (24) no Diário Oficial do Município e enviado à Câmara dos Vereadores. A ideia é usar até 5% do valor arrecadado com infrações para pagar os profissionais.

Na prática, dos R$ três milhões recebidos em multas no ano passado, por exemplo, R$ 150 mil poderiam ser destinados aos 84 agentes da cidade. Em uma situação hipotética, se todos tivessem direito à verba cada um poderia receber até R$ 1,7 mil. Mas o valor não é fixo. Pode crescer, caso haja mais multas, ou diminuir. E seria destinado apenas a quem for convocado em feriados, fins de semana e folgas.

Na Câmara a iniciativa não agradou a maioria dos integrantes. Alguns propuseram a retirada da matéria para que seja discutido um novo formato. Para o presidente da Casa, Jorge Federal (PR), o projeto pode criar uma indústria de multas e não atende aos anseios da população.

“O processo não estará voltado para reeducação no trânsito, para orientação. Estará voltado para notificação e incentivará o agente a ser um multador. Se ele ganha com isso, ele vai dar o máximo de canetada que puder”, afirmou Jorge Federal.

O vereador Ricardo Souza afirmou o projeto é uma tentativa da prefeitura de tirar os gastos da folha de pagamento do município e colocar o pagamento para o contribuinte. “Será uma fábrica de multas, auxiliada pelas câmeras de monitoramento em que o agente fica dentro da secretaria e multando”, criticou.

O vereador Algério Nossa Voz (PSB) lembrou que a Avenida Presidente Kennedy, em Olinda, já é uma das mais monitoradas pelos agentes de trânsito. “Fico aqui imaginando o agente sentado na frente de uma tela, dizendo aumento de salario, multa, aumento de salário, multa”, disse. Em defesa do prefeito professor Lupercio (SD), o vereador afirmou acreditar que o gestor não sabe do envio da proposta ao legislativo.

Em nota, a prefeitura negou a informação de que estaria sendo criada uma indústria de multas de trânsito na cidade. Segundo o governo, os recursos irão para o Fundo Municipal de Trânsito e só serão usados quando os agentes forem convocados para atividades fora das regulares, como o programa Onda Verde, com a inversão de trânsito para melhorar a fluidez dos veículos e eventos de grande porte como o Carnaval.

Rebeca Silva

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: