O portal do Sistema Opinião

POP9

Preparado

pe

Combatendo rótulo de “aposta”, Luciano Sorriso é apresentado no Santa Cruz

Ex-jogador se disse preparado para nova função dentro do futebol

novembro 8, 2018 às 13:59

Luciano Sorriso foi apresentado por presidente Tininho. Foto: Anderson Gomes/Cortesia/Rádio Transamérica

Apenas 35 anos e assumindo o futebol de um clube grande, o Santa Cruz. Esta é a missão de Luciano Sorriso, novo executivo do clube, apresentado nesta quinta-feira. O ex-jogador admitiu estar ciente da desconfiança que o anúncio da contratação dele causou na torcida e imprensa – pela sua inexperiência – mas se disse pronto para encarar o desafio.

“Tenho enorme prazer e gratidão imensa pelas pessoas que acreditaram em mim nesse novo desafio. Alguns tacharam minha mudança de função e contratação pelo Santa Cruz como recente, mas vinha me preparando durante toda a minha carreira para isso. Eu até esperava que demorasse um pouco mais para surgir uma oportunidade em grande clube, mas vinha me preparando. Eu comandava grupos, de outra forma, como capitão e líder em elenco que passei. Claro que a função é um pouco diferente, mas trago essa bagagem. Estou muito feliz e preparado”, disse o ex-atleta, em suas primeiras palavras como dirigente.

Sorriso, inclusive, voltará para São Paulo para finalizar cursos que tinha iniciado. O ex-jogador, ao encerrar a carreira, fez aulas na Universidade do Futebol, na CBF e ingressou na faculdade de Educação Física. Luciano teve experiência de mais de 20 anos como jogador e acredita que a as relações que construiu e a preparação técnica que teve, serão determinantes na nova função.

Pegando carona na fala do executivo, o presidente Constantino Júnior também defendeu a “aposta” no novo. A gente tem muita resistência ao novo. Eu, particularmente, comecei muito cedo no futebol. Comecei porque alguém acreditou. Então, longe de deixar o valor da experiência e da rodagem, mas, no mundo da bola, têm valores que são muito mais importantes, como credibilidade, vontade de acertar, a liderança e o conhecimento da casa. São muito mais qualidades que a gente pode dar para Luciano”, declarou.

Rafael Cabral

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: