O portal do Sistema Opinião

POP9

educação

pe

Ele dribla a violência através da educação

Valmir promove cursos para afastar 150 crianças das drogas no Ibura

junho 26, 2018 às 12:47 - Por:

Professores voluntários dão aulas de reforço para crianças e adolescentes do projeto (Foto: arquivo pessoal)

Reforço escolar, informática, música, artesanato. São poucas as comunidades do Recife onde essas atividades são oferecidas para as crianças. Mas, no bairro do Ibura, zona sul do Recife, 150 meninos e meninas recebem a educação como presente. E de graça!

Tudo começou com o Valmir. Ele percebeu o perigo de ver a proximidade das crianças da Vila dos Operários com as violência e a ousadia do tráfico de drogas, batendo sempre à porta. Foi quando ele se sentiu incomodado, e mesmo sem recursos, decidiu agir. Há pouco mais de dois anos, criou o Instituto Batista Cristão, e trabalha para transformar a vida das famílias com atividades extracurriculares.

Atividades de reforço escolar na sede do instituto (Foto: arquivo pessoal)

A iniciativa conta com a mão de obra de voluntários e se mantém a partir de doações. Mas, em época de crise, nem sempre elas chegam. A luta é grande para pagar o aluguel, comprar comida, pagar a conta de energia… são necessários quase R$ 8 mil reais por mês para manter tudo funcionando.

As doações são utilizadas para bancar os custos com aluguel, energia e alimentação. R$ 8.000 por mês

O repórter Everson Teixeira foi até lá pra conferir de perto os benefícios do projeto. A reportagem foi exibida no PE no Ar, na TV Clube/Record.

Assumindo responsabilidades 

Hoje, no Recife, há mais de 100 mil pessoas que fazem algum tipo de trabalho voluntário e outras 2.000 que lideram iniciativas sociais, segundo a plataforma Transforma Recife. Ou seja: além de se doarem por uma causa, são pessoas que se tornam “empreendedores sociais”. Você pode nunca ter ouvido falar nesse termo, mas, na Europa e nos Estados Unidos, isso já é profissão. São aqueles que criam projetos, buscam recursos, incentivam outras pessoas a se engajarem e desenvolvem alternativas para resolverem problemas sociais.

Crianças e adolescentes nas aulas de artesanato (Foto: arquivo pessoal)

Tenho tido o privilégio de conhecer o trabalho de muitos empreendedores sociais e posso afirmar: são eles que tem levado esperança aonde o poder público não é eficaz.

Além das atividades, as crianças também recebem alimentação balanceada (Foto: arquivo pessoal)

Alguma dúvida de que essas pessoas podem mesmo mudar o mundo?

<3

Ajude o Valmir a continuar fazendo a diferença na Vila dos Operários, no Ibura. Você pode entrar em contato diretamente com ele. Anote o telefone: 81 99864-2723

Se você conhece alguém como o Valmir, que também está fazendo a diferença por aí, pode comentar à vontade nesse post! 😉

Isly Viana

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: