O portal do Sistema Opinião

POP9

Amada

br

Vanessa da Mata lança música e clipe de “Só Você e Eu”

“Só Você e Eu” marca o lançamento de EP que também será lançado em maio. Este precede um novo álbum, o primeiro de estúdio desde “Segue o Som”, de 2014

Maio 10, 2019 às 14:57 - Por:

Vanessa da Mata lança música e clipe de "Só Você e Eu"

Vanessa da Mata é uma cronista do cotidiano brasileiro. Foto: Divulgação

Compositora e intérprete, Vanessa da Mata, pela primeira vez encara a empreitada de produzir seu álbum, depois de ter sempre grandes produtores ao seu lado. E no momento em que o país mais precisa de amor e diálogo, ela traz o primeiro single do trabalho novo pregando que o amor começa em casa, fechando a porta com o mundo lá fora. Ou melhor, em “Só Você e Eu”.

A canção traz os elementos de MPB e pop deliciosos que marcam a carreira de 17 anos da cantora. Mais: é uma música em que se identifica imediatamente a assinatura de suas composições, letra e vocal de Vanessa, que também assina a produção musical pela primeira vez na sua carreira sempre cercada de protetores fortes que ela diz ter honra de tê-los tido também como aprendizado.

Leia também:
Whindersson Nunes diz estar ‘tranquilo e feliz’ após período afastado

Só Você eu Eu” ganha hoje também um clipe, já disponível em seu canal oficial no Youtube. O curta foi gravado em Nova York e mostra Vanessa dançando e contracenando com os bailarinos Cynthia Irobunda, que mora na cidade americana, e Ryan John. Bruno Fioravanti, diretor do clipe, conta que o roteiro foi escrito em parceria com Vanessa, que já conhecia a bailarina, e fez questão de ressaltar a dança durante todo o curta.

Se colocada em contexto, a música é da leva de dois sucessos de Vanessa que tem o amor na gênese – “Ainda Bem”, de 2004, e “Amado”, de 2008. A primeira entrou na trilha-sonora da novela “Pé na Jaca” e a segunda, em “A Favorita”.

Só Você e Eu” narra a princípio a fala de amor de jovens dessa geração, a aparente desistência e frieza aos novos encantos que chegam mas deixando-se seduzir por um deles e disposta a desistir da liberdade aparentemente deliciosa de várias opções para contemplar a vida a dois mas também com certo sarcasmo quando coloca na sua letra, um rememorar da frase famosa frase de Dom Pedro I quando desobedeceu a ordem da corte portuguesa de voltar para o país europeu, declarando que se era “para o bem de todos e felicidade geral da nação, diga ao povo que fico!”.

Diego Negrellos

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: