O portal do Sistema Opinião

POP9

Registro

pb

Elba Ramalho traz clássicos do forró em gravação de DVD

A cantora trouxe ao palco o que realmente importa nesta véspera junina

junho 24, 2019 às 16:16 - Por: Diego Negrellos

Elba Ramalho faz show memoravel em gravação de DVD. Foto: Renan Zott/ Divulgação Brahma

Uma verdadeira coletânea em homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e aos grandes sanfoneiros Dominguinhos e Flávio José. Foi assim o show da paraibana Elba Ramalho nesta véspera de São João. Comemorando 40 anos de carreira, a cantora trouxe para o Parque do Povo, em Campina Grande, um repertório para nenhum forrozeiro botar defeito.

Elba subiu ao palco entoado a música “Paraíba, meu amor”, em homenagem ao seu estado de origem. Em seguida, por volta de meia-noite, emendou com “Olha para o céu”, composição de Luiz Gonzaga. Junto a isso, teve queima de fogos, que durou cerca de seis minutos, uma tradição da festa campinense.

Leia também:
Elba Ramalho, a estrela que não se apaga do São João de Campina

Ao fim da canção, a cantora saudou o público e se emocionou. “É uma alegria e satisfação estar nesse palco”, disse, enquanto a plateia fazia um coro: “Elba, rainha”. Com os olhos cheios de lágrimas, a paraibana respondeu: “Vou me controlar para não chorar, pois já chorei muito hoje”, emendando com clássicos dos compositores pernambucanos Accioly Neto e Flávio Leandro, como “Me diz amor” e “Mala e Cuia”, músicas que viraram sucesso na voz do paraibano, Flávio José.

Os clássicos “Você endoideceu meu coração”, “Forró Pesado” e é “Proibido Cochilar” deram seguimentos ao grande arrasta-pé. A cantora, que é veterana das festas juninas na cidade, não titubeou e mostrou como se faz o puro São João. E isso Elba tem em comum com a Brahma, patrocinadora oficial do São João de Campina Grande. Com 131 anos de história e tradição, a cerveja busca enaltecer a cultura local e o que realmente importa nas festas juninas.

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: