O portal do Sistema Opinião

POP9

NETFLIX

rn

Como turbinar a Netflix – Parte 2

Neste segundo post, vou ensinar a aumentar ainda mais o catálogo do serviço “navegando” por outros países

Abril 9, 2019 às 00:43 - Por: Enrique Robledo

Se a nossa dica da primeira parte foi útil, essa segunda você deve gostar ainda mais. Com ela, vamos ampliar bastante o catálogo de filmes e séries do serviço de streaming Netflix.

Não sei se todos sabem, mas a Netflix faz entrega de conteúdo diferenciado em todo o mundo. Esta situação acontece por vários motivos, como direitos de reprodução, falta de legendas e traduções, expectativa de visualizações, etc. Isto quer dizer que, se for aos USA e abrir a sua Netflix de lá, ele vai te oferecer um catálogo de filmes e séries com algumas diferenças do que oferece aqui no Brasil. Quer ver um exemplo?

Minha home-page logado no Brasil.

Minha home-page logado nos USA

Como podem ver, só o fato de logar dos USA me abre um novo leque de filmes e seriados, muitos deles que serão lançados no Brasil um tempo depois, como por exemplo o longa-metragem Pantera Negra, Avengers Guerra Infinita, Ant Man e outros muitos títulos de todas as épocas e gêneros. Em geral, a Netflix USA é bem mais completo que o de outros países.

Agora é bom deixar claro: a maioria destes conteúdos não tem suporte à língua portuguesa! Todos têm legendas e áudios traduzidos, mais a grande maioria só para inglês e espanhol.

Bom, se isso não for impedimento para você curtir um bom filminho, então vamos lá. O processo, em teoria, é bem simples e consiste no seguinte:

  1. Instalar um software de VPN no seu PC ou Celular Android ou iOS (se quiser instalar um VPN na sua SmartTV ou router, recomendo a leitura do seguinte artigo).
  2. Escolher uma conexão com um servidor de Streaming USA ou outros países.
  3. Navegar pelo sua “nova” Netflix!

Uauuu! Que fácil né Robledo? Em teoria sim, mas o processo de instalar uma VPN às vezes não é tão simples como tirar um doce de uma criança 😋. Então vamos focar esforços nisso agora.

VPN

A utilização de uma VPN para navegar pela internet não é algo que só vai servir para ver filmes. Na verdade, é uma prática muito recomendada para se proteger contra o ataque de hackers e para blindar a privacidade do seu dispositivo e o seu histórico de navegação. Para tentar explicar em poucas palavras, a VPN (Virtual Private Network) é um servidor “fake” que engana quem quiser saber qual o seu endereço físico quando você está navegando na Internet.

Neste ponto vale a pena fazer uma pausa e explicar melhor isto:

Cada vez que você está conectado pelo Wi-Fi, 4G ou qualquer outro serviço de conexão a internet, é aberta uma porta de entrada/saída para o seu aparelho e disponibilizado na net. Então, em teoria, qualquer site que você visita ou aplicativo que está sendo usado pode saber com muita precisão a localização geográfica desde onde você está realizando a conexão e ter acesso a outros aparelhos que estejam conectados na mesma rede que você.

Não acredita em mim né? Então CLIQUE AQUI.

Bom, agora já sabe, né? 😎. Resumindo, uma VPN vai, em essência, criar um “endereço falso” de conexão que oculta o seu endereço verdadeiro (inclusive do seu próprio provedor de internet, que agora não poderá lhe monitorar para vender seus dados de navegação para anunciantes e ad servers) fazendo com que seja extremamente difícil (acredito que não exista coisas impossíveis neste mundo digital) alguém saber a sua verdadeira “identidade” na Net. Deu para entender agora?

Dito e entendido isto, então vamos ver como instalar a bendita VPN nos seus dispositivos.

Não vou me deter aqui a explicar todos os serviços, tem muitos e com muitos preços diferentes, inclusive gratuitos. Hoje vou recomendar o que eu uso. Após testar vários serviços, acho que pelo que ele oferece é o melhor custo-benefício. O nome do dito-cujo é CYBERGHOST. As vantagens que ele tem na minha opinião são as seguintes:

  • Valor com um grande desconto para o plano de 3 anos (US$ 2,75 mês).
  • Permite até 7 dispositivos cadastrados (que faz ele legal para compartilhar os gastos com algum amigo ou familiar).
  • Tem servidores em muitos países.
  • É bem documentado e tem interface em português.

MÃOS NA MASSA

Uma vez que você criou a sua conta no Cyberghost (ou qualquer outro serviço de VPN), a primeira coisa a fazer é entrar na sua conta e baixar o APP para o seu dispositivo. Por exemplo, para um smartphone com Android seria assim:

  • Abra o programa e faça login na sua conta:

  • Escolha o servidor para conexão USA (optimizado para Netflix):

  • Clique em conectar a VPN:

  • Abra o APP de sempre da Netflix e tudo pronto, um novo catálogo a sua disposição!

NOTAS FINAIS

Vale destacar que a VPN não somente vai lhe servir para navegar pela Netflix de outros países. Agora, você poderá navegar no seu computador como se estivesse realmente em outro pais. Então, por exemplo, se precisar fazer uma busca local na cidade de Miami é só se conectar a um servidor de Miami que o Google vai entender que você está lá e vai te mostrar o conteúdo de forma local.

Também estará protegido contra invasões e do tracking de anúncios, entre outras coisas. Mas nem tudo é cor de rosas. Alguns sites detectam que você está navegando por meio de VPN e bloqueiam o acesso a ele, como por exemplo a Americanas.com ou o Submarino. Nesses casos, você precisará desconectar a VPN para poder acessar a estes sites (mais são poucos sites com essa restrição).

Comentem o que acharam desta segunda parte e não percam a terceira, na qual iremos explicar como assistir Netflix com amigos ao mesmo tempo estando remotamente e outros hacks menores. Abraços!

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: