O portal do Sistema Opinião

POP9

Esportes

rn

Saída de Roberto Fernandes do CRB gera polêmica

Treinador usou as redes sociais para falar sobre o caso e clube interpretou a atitude como “deselegante”

Abril 8, 2019 às 14:14 - Por:

Roberto Fernandes fala sobre saída do CRB. Foto: Instagram

Roberto Fernandes fala sobre saída do CRB. Foto: Instagram

Depois de sete meses à frente do CRB, o treinador Roberto Fernandes explicou através das redes sociais as razões do seu desligamento do time alagoano

Segundo a postagem no Instagram “Após o jogo contra o Santa Cruz, recebi ainda no vestiário uma mensagem do presidente do clube me responsabilizando pela eliminação e postura do equipe dentro de campo e que faltou comando de minha parte. Após receber esta informação, argumentei que diante disso, não poderia ser mais útil ao clube ( treinador sem comando, não é treinador ) e recebi de retorno um “ok” do mandatário da instituição. Logo após comuniquei ao Rodrigo (diretor) e aos líderes do grupo de atletas, do fato ocorrido e da minha decisão, onde de forma digna, assumiram a responsabilidade do resultado, mas não havia mais clima de seguir. Lamentei por acreditar muito no que vínhamos fazendo, mas mantenho a certeza que o melhor realizei junto com a comissão e grupo de atletas. Mais uma vez, desejo ao CRB bem como ao Marcelo Chamusca sorte e êxito, na Copa do Brasil, Estadual e Série B”.

Leia mais: Final da Copa Rio Grande do Norte está confirmada para o estádio Nogueirão

No comando do CRB, foram 32 jogos, com 13 vitórias, 15 empates e quatro derrotas. Roberto Fernandes livrou o time do rebaixamento na Série B do ano passado, classificou o time para a terceira fase da Copa do Brasil, sendo eliminado pelo Santa Cruz nos pênaltis.

A posição oficial do clube, segunda a Gazeta Web, aponta que a atitude de Fernandes foi “extremamente deselegante com todos no clube, principalmente nesta reta final de estadual e decisiva da Copa do Brasil”.

A nota regatiana também diz que foi uma “surpresa para a diretoria a decisão”, e seguiu acusando que “comunicar aos atletas antes da diretoria foi um fato que mostrou uma atitude não condizente ao que o CRB espera de um comandante técnico”.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: