O portal do Sistema Opinião

POP9

Escapar

rn

Roberto Fernandes trabalha o ABC para enfrentar o Náutico

No ABC, é um olho no campo e outro na matemática para permanecer no Brasileiro da Série C

junho 26, 2019 às 14:56 - Por:

Roberto Fernandes com um olho no campo e outro na calculadora. Foto: Luciano Marcos/ABC

Roberto Fernandes com um olho no campo e outro na calculadora. Foto: Luciano Marcos/ABC

Roberto Fernandes, com um olho no campo e outro na calculadora,  deve mudar mais uma vez a formação do ABC para começar o confronto contra o Náutico nos Aflitos.

O atacante Lohan e o meia Dione já estão no BID e agora o supervisor Cleber Romualdo espera apenas as certidões do STJD atestando que não existe nenhuma pendência dos atletas. Quem também deve ser regularizado e ficar à disposição do treinador é o zagueiro Richardson.

O que pesa contra os três atletas é estavam sem jogar, como por exemplo Richardson, que jogou pela última vez no inicio de junho, mas como o ABC corre contra o tempo e quem está jogando não dá o retorno necessário, é provável que pelo menos Richardson estreie na zaga jogando ao lado de Joécio.

Leia também:

Leandro Campos assume o Ferroviário

Matemática diz que sim

Com 27 pontos em disputa, a matemática mostra que o ABC tem condições de escapar do rebaixamento, desde que consiga reagir em campo, o que até não fez.

Dentro de casa tem 12 pontos para disputar, contra o Treze, Confiança, Santa Cruz e Sampaio Corrêa e vai precisar fazer o que não fez até agora, vencer, fazer 100% de aproveitamento e “beliscar” longe do Frasqueirão.

Fora, pega o Náutico, Botafogo, Ferroviário, Imperatriz e na última rodada, o Globo no Barrettão.

Missão complicada

Não é uma tarefa fácil a de Roberto Fernandes na briga para livrar o time do rebaixamento. O grande desafio é mudar o perfil de perdedor do atual elenco, sem  o clube ter condições para contratar no nível exigido pela competição e pelo momento.

Três na briga 

ABC, Treze e Globo brigam diretamente contra a degola e são segundo o site Chance de Gol, os clubes com maior risco de queda.  89,4%, 72,8% e 21,8% respectivamente.

Com risco menor de rebaixamento  tem o Náutico com 0,9%, Imperatriz com 5,2%, Sampaio Corrêa 3,4% e Confiança com 6,1%.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: