O portal do Sistema Opinião

POP9

Não bota fé

rn

Pesquisa mostra que 70% dos torcedores não têm interesse na Copa América

Segundo o Paraná Pesquisa maioria dos entrevistados não acha o Brasil favorito para Copa América que começa amanhã (14)

junho 13, 2019 às 15:05 - Por:

Pesquisa mostra pequeno interesse do torcedor brasileiro pela Copa América que começa amanhã(14). Foto: Conmebol

Pesquisa mostra pequeno interesse do torcedor brasileiro pela Copa América que começa amanhã(14). Foto: Conmebol

Segundo pesquisa do Instituto  Paraná Pesquisas, que ouviu moradores de todos os estados do país e do Distrito Federal entre os dias 4 e 6 de julho, para 46% da população, o Brasil não é a seleção favorita para o título da Copa América. Apenas 39,6% acreditam no favoritismo nacional para ganhar a competição.

Segundo a pesquisa, 14,4% não souberam responder se a equipe comandada por Tite  é a mais cotada para vencer a competição. A pesquisa também quis saber o nível de interesse dos brasileiros com relação ao evento esportivo. E conforme o resultado, a Copa América não despertou a atenção dos torcedores.

36,2% dos entrevistados informaram que não estão nada interessados e outros 33,8% pouco interessados. Ou seja, 70% avaliaram que não querem saber do torneio. Somente 23,7% declararam que estão interessados na competição, e 3,4% muito interessados.

Leia também:

Lesão tira Neymar da Copa América

Para a pesquisa, o instituto Paraná Pesquisas entrevistou moradores de 180 municípios brasileiros. A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

A seleção Brasileira é a favorita para ganhar a Copa América que ocorrerá no Brasil? Foto: Paraná Pesquisas

A seleção Brasileira é a favorita para ganhar a Copa América que ocorrerá no Brasil? Foto: Paraná Pesquisas

Estreia com árbitro argentino

A seleção brasileira estreia nesta sexta (14) na Copa América, no Estádio do Morumbi, às nove e meia da noite, enfrentando a Bolívia com arbitragem do  argentino Néstor Pitana.  Foi ele  quem apitou a final da Copa do Mundo do ano passado, na Rússia, quando a França bateu a Croácia. Pitana já tinha comandado o primeiro jogo daquele torneio, em que os anfitriões venceram a Arábia Saudita.

Ele será auxiliado dentro de campo por outros dois compatriotas: Hernán Maidana e Juan P. Belatti. O VAR, árbitro-assistente de vídeo, também será um argentino, Patricio Loustau.

Marcos Lopes

Comentários

OP9

Receba nossa newletter

Com que frequência deseja receber o informativo: